Espanha prorroga limitação de voos de passageiros do Brasil

Aeroporto Internacional de Madrid / Imagem: Jean-Pierre Dalbéra / CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

O Governo da Espanha decidiu prorrogar uma proibição de voos do Brasil, que venceria no próximo dia 22 de junho, para o dia 6 de julho, de modo a evitar propagação da COVID-19. O anúncio foi publicado ontem, dia 18 de junho no Boletim Oficial do Estado.

Foi adotado um termo que prorroga o Acordo do Conselho de Ministros de 2
Fevereiro de 2021, que estabeleceu medidas excepcionais para conter a
propagação e contágio pela COVID-19, ao limitar os voos entre os
Brasil e a África do Sul a aeroportos espanhóis.

A acordo valerá para a realização de voos a partir de qualquer aeroporto do Brasil, para qualquer aeroporto localizado na Espanha, com ou sem escalas intermediárias. Somente podem ser realizados os serviços de transporte espanhóis ou nacionais de Andorra, residentes em Espanha ou Andorra, ou passageiros em trânsito internacional para um país não-Schengen com uma escala de menos de 24 horas, sem sair da área de trânsito do aeroporto espanhol.

Em uma recente matéria publicada aqui no AEROIN, noticiamos que o primeiro país da União Europeia (UE) a liberar a entrada de passageiros vacinados, na vanguarda do “novo normal”, é a Espanha, mas ainda barrará brasileiros até o começo do próximo mês.

A decisão, publicada no último dia 4, estabelece os critérios para os vacinados estrangeiros entrarem no país. Elas incluem o tipo de vacinas permitidas, que são as aprovadas pela OMS ou pela UE, incluindo Pfizer–BioNTech, Moderna, AstraZenec -Oxford, Johnson & Johnson, Sinopharm e CoronaVac. Todas as vacinas que estão sendo aplicadas no Brasil e que chegarão nos próximos meses estão inclusas.

No que diz respeito à variante brasileira, ela continua preocupando por informações ainda em análise sobre os efeitos de sua transmissibilidade e capacidade de neutralizar anticorpos.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias