Esses são os 10 voos domésticos mais longos da América Latina

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião Boeing 777 LATAM
A Latam opera a rota doméstica mais longa da América Latina

Como em todos os anos, a empresa de consultoria de dados para a aviação OAG disponibiliza seu ranking de rotas, onde traz diversas análises sobre os trechos mais voados, mais concorridos, além dos voos mais longos e mais curtos.

Obviamente que muitos desses voos estão operando numa frequência reduzida em tempos de pandemia, mas prontamente retornarão à sua capacidade anterior. Os dados referem-se ao ano encerrado em 31 de dezembro de 2019.

Nesse artigo, trazemos as rotas domésticas da América Latina que a OAG aponta como as mais longas, segundo sua ampla base de dados. Em primeiro lugar continua o voo diário ligando Santiago do Chile à remota Ilha de Páscoa, localizada a mais de 3.750 de distância, no meio do Oceano Pacífico. Para chegar à Rapa Nui, como a Ilha é conhecida pelos nativos, são 5h25 de voo por não menos do que R$ 6.000.

Dentre as dez rotas mais longas, sete estão no Brasil e não poderia ser diferente. Com o quinto maior território do mundo, o país possui ligações que somente são “possíveis” por via aérea, a menos que você esteja muito empolgado para rodar numa rodovia federal por dias.

Confira as rotas mais longas da América Latina na lista abaixo, junto com a quantidade de voos que nelas há por ano e a distância em quilômetros.

RotaVoos por AnoDistância (km)
1 – Santiago – Ilha de Páscoa1.2173.750
2 – Rio de Janeiro – Manaus1.1112.845
3º – Manaus – Recife6412.831
4º – São Paulo – Rio Branco4682.726
5º – São Paulo – Manaus4.1812.694
6º – Oaxaca – Tijuana9282.665
7º – Cordoba – Ushuaia6012.635
8º – Manaus – Campinas1.3382.616
9º – Brasília – Boa Vista1.4392.507
10º – São Paulo – Porto Velho7682.472
Fonte: OAG

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.

Comentários estão fechados.