Estatal venezuelana dobra o número de voos para Moscou; foco é o turismo

Airbus A340
Imagem: Anna Zvereva, CC BY-SA 2.0, via Flickr

O presidente da Conviasa, Ramón Velásquez Araguayán, anunciou que a rota entre Caracas e Moscou será operada semanalmente, em vez do atual voo a cada 15 dias, durante sua participação no XV Comissão Intergovernamental entre a Rússia e a Venezuela, informou o nosso parceiro Aviacionline.

“O sucesso desta ponte aérea é reforçado pelo início de viagens turísticas à ilha de Margarita, por cidadãos da Federação Russa, com todas as medidas de biossegurança adequadas em tempos de pandemia”, disse o responsável.

A Conviasa informou que abriu um escritório comercial no Aeroporto Internacional de Vnukovo, o terceiro maior aeroporto de Moscou. Este é o décimo escritório internacional da estatal, informou o chefe da Direção de Estações Internacionais da Conviasa, Juan Ricardo Sosa Castro.

Os voos da Conviasa para a Rússia começaram em maio de 2021. Desde então, a empresa aérea estatal tem oferecido conexões a destinos de férias popularem na Venezuela, como Porlamar e Los Roques, assim como conexões internacionais para Santo Domingo, na República Dominicana.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Passageira alega que empresa de milhas a engambelou na compra de...

0
O juiz de Direito Roberto Brandão Galvão Filho, da vara do Juizado Especial Cível e Criminal de Itapetininga/SP decidiu que a MaxMilhas