O estranho voo turístico de 747 sobre a Antártida!

A Antártida, uma das maiores áreas inóspitas no planeta, está sempre pronta para uma exploração. O único problema é que o caminho para chegar lá dura várias semanas no mar, em um barco abafado, sem todas as vantagens da civilização que esperamos.

Antartica Flight Australia

Uma alternativa comum sempre foi viajar para as Ilhas Shetland do Sul a partir da Argentina. Um voo caro para uma comunidade muito remota, mas um voo comercial padrão para o qual você pode comprar passagens.

Mas os preços começam a partir de US$ 11.000 e o pacote dura pelo menos uma semana.

Então, alternativamente, em vez de voar para alguma comunidade remota, por que não passear saindo de uma das capitais da Austrália e ainda estar de volta a tempo para um martini ou um café expresso à noite?

Uma empresa de turismo opera um Boeing 747 da Qantas, partindo de cinco cidades australianas diferentes: Melbourne, Brisbane, Sydney, Adelaide e Hobart.

Avião Boeing 747 Qantas

O voo dura 12 horas (10.000 km ida e volta) e viaja diretamente para o Sul do continente australiano, mostrando mais de quatro horas do grande continente branco. Os passageiros podem testemunhar os picos dos icebergs e a vida selvagem.

O avião voa na velocidade mais baixa possível para que os passageiros possam contemplar a visão.

O serviço oferece refeições, bebidas e especialistas para discutir e falar sobre o deserto de gelo da Antártida.

Eles também têm um pacote especial para voo na véspera de Ano Novo, permitindo que você celebre duas vezes, enquanto o avião cruza a linha internacional de mudança de data na Antártida (que, sendo o verão no hemisfério Sul, está em plena luz do Sol por mais de 20 horas do dia).

O voo também inclui todos os itens que você esperaria da Qantas, com um bar completo, refeições e serviço dos tripulantes.

E se você está pensando em fazer o passeio, existem várias categorias diferentes de assentos disponíveis. Você pode ficar sentado no mesmo assento durante todo o voo ou pagar por um assento temporário que permita aproximar-se de uma das janelas por um intervalo de tempo.

Seria um desperdício fazer esse voo e estar sentado em um assento sobre uma asa sem visão da Antártida, não é mesmo?

Os preços começam a partir de US$ 1.200 e vão até US$ 8.000 na “Ice Class” (seção de primeira classe do 747).

Confira a seguir o vídeo do serviço!

Informações pelo Simple Flying.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.