Estreia na Ponte: o que disse o comandante antes de decolar o voo ‘AZUL 1’

O voo ‘AZUL 1’ decolou de Congonhas na manhã desta quinta (29), colocando a Azul, oficialmente, na Ponte Aérea. A recepção aos passageiros contou com música ao vivo e um brinde comandado pelo presidente da companhia aérea, John Rodgerson, que destacou que não vai dar moleza para suas concorrentes na rota mais tradicional do país.

Os voos serão operados inicialmente por jatos Embraer E195 com 118 assentos, mas a previsão é de que no futuro sejam com o Airbus A320neo com 174 assentos. Entre 29 de agosto e 21 de setembro a Azul será a única empresa a operar na ponte devido a obras na pista principal do Santos Dumont.

Esse voo inaugural é o primeiro dos 34 que a Azul fará hoje na rota – todos lotados – e foi comandado pelos oficiais Ícaro e Fábio. Antes da decolagem, o comandante deixou uma mensagem especial aos passageiros, onde não destacou apenas a entrada da Azul na Ponte, mas também o fato de ser a única empresa aérea a operar por tanto tempo com uma aeronave projetada e produzida no Brasil e colocá-la para voar numa das rotas mais movimentadas do mundo.

Confira o que disse o comandante desse voo histórico.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.