Etihad cancela encomenda de 76 aviões Airbus e Boeing

A Etihad Airways divulgou nesta quinta-feira que chegou em um acordo com a Airbus e com a Boeing para reestruturar uma grande parte de seus pedidos.

A aérea baseada em Abu Dhabi disse que irá receber cinco Airbus A350-1000 e 26 A321neos além de seis Boeings 777-9X nos próximos anos.

Significa uma redução de 57 pedidos de A350 e 19 do 777X, além da desistência das variantes de menor capacidade A350-900 e 777-8X.

O pedido original junto com a Airbus contemplava 26 A321neos, 40 A350-900 e 22 A350-100. Já com o Boeing o acordo era para oito 777-8X e 17 777-9X.

A companhia informa no entanto que irá continuar recebendo o Boeing 787 Dreamliner, sem especificar um número. Atualmente a empresa possui 28 aeronaves do modelo de 71 encomendados.

A redução drástica tem um motivo claro: a empresa está em crise financeira devido a alta do combustível e fortalecimento das suas concorrentes, além de diversos fracassos em seus investimentos no exterior: a Air Berlin faliu, a Alitalia está maus lençóis e a indiana Jet Airways teve aviões apreendidos por falta de pagamento.

Com o cancelamento do pedido dos oito Boeings 777-8X, a fabricante americana agora conta apenas com 45 encomendas da menor variante do maior bimotor do mundo: 10 pela Qatar Airways e 35 pela Emirates Airline.

Com informações da Reuters

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos