EUA impõem regras a viajantes que chegam de países afetados pelo vírus Ebola

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

red airplane
Foto de Tanathip Rattanatum on Pexels.com

O Centro de Controle de Doenças dos EUA (CDC) emitiu uma nova diretiva exigindo que os passageiros que chegam de países afetados pelo Ebola forneçam informações de contato na chegada. Isso se aplica a qualquer pessoa que tenha estado na Guiné ou na República Democrática do Congo nos últimos 21 dias. Isso cobre cerca de 60 passageiros por dia, em média. 

A doença pelo vírus Ebola foi identificada pela primeira vez em 1976 e leva o nome de uma vila na República Democrática do Congo perto do Rio Ebola. O filme Outbreak de 1995, estrelado por Dustin Hoffman, Rene Russo, Morgan Freeman, Donald Sutherland, Cuba Gooding Jr., Kevin Spacey e Patrick Dempsey, trouxe o ebola para a consciência popular.

Os sintomas geralmente começam com febre, dores musculares, dores de cabeça e dor de garganta, seguidos de vômitos e diarreia. A desidratação causa redução da função hepática e renal, e a perda de fluidos é a principal razão pela qual se tem uma taxa de mortalidade de cerca de 50% na África Subsaariana, onde o vírus é mais prevalente.

Acredita-se que o vírus seja transmitido por fluidos corporais e por gotículas respiratórias de pessoas muito doentes. Também se acredita que é possível transmitir o ebola sexualmente.

A boa notícia é que a farmacêutica Merck já tem uma vacina aprovada que usa o vírus vivo enfraquecido e obteve autorização do FDA pouco antes do início da pandemia de Covid-19. Existem também tratamentos eficazes com anticorpos (o coquetel de anticorpos monoclonais Inmazeb da Regeneron foi aprovado pelo FDA em outubro).

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Avião Boeing 767-300 LATAM

LATAM Brasil coloca um avião maior para voar entre Assunção e...

0
A LATAM Brasil, que atualmente tem quatro frequências semanais entre São Paulo e Assunção em aeronaves Airbus A320-200, com capacidade