EuroAtlantic será a primeira empresa lusófona a operar o Boeing 787 Dreamliner

Em meio a todo o caos do Coronavírus, uma notícia boa: o Boeing 787 Dreamliner irá finalmente “falar o português”.

Boeing 787 Dreamliner EuroAtlantic

A empresa de leasing irlandesa AerCap anunciou ontem que assinou um contrato com a portuguesa EuroAtlantic para o aluguel de dois jatos Boeing 787-8 Dreamliner. Estes serão os primeiros 787 a serem operados por uma empresa de língua portuguesa, em contraste com a maioria das companhias lusófonas que voam com o concorrente Airbus A330neo.

A aeronave será entregue na primavera europeia do próximo ano, substituindo o Boeing 777-200ER e um dos seis 767-300ER que a empresa possui em sua frota.

A configuração de assentos ainda não foi revelada, assim como não foi divulgado se a aeronave é oriunda de alguma encomenda anterior da AerCap ou se será um novo pedido à Boeing.

Vale lembrar que a EuroAtlantic é uma empresa de ACMI, ou seja, que opera num modelo de negócios em que aluga a capacidade do avião, assim com tripulação e manutenção, para outras empresas aéreas ao redor do mundo. Um dos seus principais nichos são aluguéis a empresas de fretamento e o mercado os voos cancelados.

Pela Assessoria de Imprensa da AerCap

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos

Comentários estão fechados.