Início Indústria Aeronáutica Europa aprova a conversão para cargueiro “737-800SF” da AEI

Europa aprova a conversão para cargueiro “737-800SF” da AEI

Boeing 737-800SF da Ethiopian Cargo – Imagem: Divulgação AEI

A americana Aeronautical Engineers, Inc. (AEI) anunciou na sexta-feira, 7 de maio, que a Agência de Segurança da Aviação da União Europeia (EASA) aprovou seu projeto de conversão do Boeing 737-800 de passageiros para cargueiro, chamado pela empresa de B737-800SF.

A aprovação do Certificado de Tipo Suplementar (STC) de número ST02690LA da AEI na Europa é um marco importante para a empresa, já que ela considera que o B737-800SF é um cargueiro ideal para as estruturas de rotas do mercado europeu.

Quando um STC é aprovado por uma agência, empresas aéreas podem registrar os aviões com a modificação sob a regulamentação do país ou da região de competência da agência.

A AEI é a empresa de conversão mais antiga que existe no mercado. Desde a Fundação da empresa em 1958, desenvolveu mais de 130 STCs e modificou mais de 500 aeronaves com eles. Atualmente oferece conversões de passageiros para cargueiros para Boeing 737-800, 737-400, 737-300, MD-80 e CRJ200.

Vários clientes europeus já expressaram interesse na conversão B737-800SF da AEI, que já tem aprovações do STC pelas agências reguladoras dos Estados Unidos (FAA) e da China (CAAC).

O cargueiro B737-800SF convertido oferece uma carga útil no convés principal de até 52.700 libras (23,9 kg) e incorpora onze posições de contêiner de altura total de 88 por 125 polegadas (2,23 por 3,17 metros), além de uma posição adicional para um AEP/AEH. A conversão também incorpora novas vigas de piso à atrás da caixa da asa, uma grande porta de carga principal de 86″ x 137″ (2,18 por 3,48 metros) com um sistema de porta de ventilação única.

Projeto e cockpit do Boeing 737-800SF – Imagem: AEI

O design da conversão da AEI permite que os contêineres sejam carregados na aeronave até 16,5 polegadas (41,9 cm) atrás do batente da porta dianteira, garantindo que os operadores de solo tenham espaço de manobra suficiente que minimiza possíveis batidas na porta e na fuselagem.

Além disso, o B737-800SF inclui um Sistema de Embarque de Carga flexível da Ancra, uma barreira rígida resistente a 9g entre o convés e o cockpit, cinco assentos supranumerários como padrão, uma cozinha e um lavatório completo.

Durante os últimos 6 meses, a AEI garantiu 40 pedidos adicionais para o B737-800SF. Atualmente, a empresa tem um total de 14 linhas de produção de conversão simultânea de cargueiros, 9 das quais são dedicadas ao B737-800SF, e está a caminho de entregar 24 cargueiros em 2021 e mais de 30 em 2022.

Informações da AEI

Sair da versão mobile