Europa envia o gigante Airbus A380 para evacuar cidadãos das áreas do Coronavírus

O gigante avião de passageiros Airbus A380 da companhia de aluguel de aeronaves Hi Fly saiu do Sul de Portugal nessa quinta-feira, 30 de janeiro, a caminho da China, onde buscará centenas de europeus que querem escapar do novo vírus que bloqueou uma grande parte do centro da China.

Print Vídeo A380 HiFly Paris
Airbus A380 da HiFly

O avião decolou do antigo aeroporto militar de Beja, a 200 quilômetros a sudeste de Lisboa, onde fica uma das bases operacionais da portuguesa Hi Fly, transportando apenas seus pilotos e tripulação.

O Airbus A380 da Hi Fly fica no aeroporto de Beja porque é o único em Portugal em que a aeronave pode permanecer sem atrapalhar as operações do local.

Detalhes da operação

Segundo o AP News, o comandante Antonios Efthymiou disse que o voo iria primeiro para Paris, onde buscaria uma equipe de médicos e uma equipe extra, antes de seguir para Hanói (Vietnã) e depois para a China. Ele disse à imprensa portuguesa que levaria de volta cerca de 350 europeus.

Conforme dados do FlightRadar24, o gigante A380 de matrícula 9H-MIP pousou em Paris no voo de número HFM420P por volta das 09:10 dessa manhã (horário de Brasília). Até a publicação dessa matéria, ele ainda não havia decolado rumo à Ásia.

FlightRadar24 Voo A380 Hi Fly Coronavírus Europa
O A380 chegando a Paris na manhã de hoje – Imagem: FlightRadar24

Efthymiou descreveu o voo como “uma missão humanitária”. Ele disse que a tripulação tomaria precauções médicas especiais, mas não deu detalhes.

O ministro das Relações Exteriores de Portugal, Augusto Santos Silva, disse que o voo foi coordenado entre os países da União Europeia e as autoridades chinesas.

Outras ações de companhias aéreas

Enquanto isso, a companhia aérea espanhola Iberia anunciou que está suspendendo os três voos por semana entre Madrid e Xangai por causa do alerta de saúde do Coronavírus. A empresa disse que a suspensão começará na sexta-feira e continuará até o mês de fevereiro, embora possa ser prorrogada.

Medidas para interromper ou reduzir os voos para a China também foram anunciadas por outras companhias aéreas europeias, incluindo British Airways, Lufthansa, Austrian Airlines, Swiss, Air France e KLM.

Nessa semana, uma operação de evacuação ganhou destaque por ter ocorrido de forma um pouco incomum, com um Boeing 747 de cargas levando passageiros. Veja como foi:

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.