Exóticos aviões ucranianos serão vistos em aeroportos brasileiros nos próximos dias

Foto de Paul Crouch, OGL via Wikimedia

Dois aviões do modelo Antonov AN-12, da era soviética, serão vistos no Brasil nos próximos dias, com passagens nas cidades de Natal e Manaus.

A programação passou a constar da base de dados de voos autorizados da ANAC. Apesar de não ser a primeira vez que voam ao território brasileiro, ver essas aeronaves exóticas por seu desenho e características, e raras por não serem visitantes contumazes, sempre é um bom motivo para noticiar.

Os voo supracitados, que são cargueiros, têm previsão para acontecer no começo da próxima semana, conforme a seguinte programação.

Esses são os voos

NATAL – a operação será realizada pela Ukraine Air Alliance e acontecerá entre os dias 8 e 9 de agosto. A chegada a Natal está prevista para 22h do dia 8, proveniente do Suriname. A decolagem, que será rumo a Ilha do Sal está planejada para 10h da manhã do dia 9 (segunda-feira).

O número do voo, em todas as pernas, é UKL-5010. Aparentemente, a escala em Natal será para reabastecimento. Não há detalhes da carga ou empresa contratante do serviço.

MANAUS – o voo será realizado pela Cavok Air e decola de Miami para pousar em Manaus às 19h30 do dia 10 de agosto. A partida da capital amazonense está agendada para o dia 11 de agosto (quarta-feira) às 8h da manhã.

Também não temos detalhes da carga ou contratante até o momento. O número dos voos são CVK-7120 e CVK-7121 na ida e na volta, respectivamente.

Os horários podem ter mudanças.

Características

Com capacidade de levar até 20 toneladas, esse modelo de aeronave é sobretudo operado por países do leste europeu e países da CEI, e tem servido como um “pau para toda obra”, voando por todo o mundo, como manda a tradição dos robustos aviões da Antonov.

As visitas raramente têm o motivo revelado, o que é comum na aviação cargueira. Em ocasiões anteriores, a aeronave chegou a trazer cargas diversas ao Brasil, inclusive da Petrobrás, ou até mesmo apenas fazer paradas técnicas enquanto seguia para destinos na Argentina e Antártida.

Características

Tripulação: 5 pessoas
Capacidade: 20 Toneladas de carga
Comprimento: 33,1 metros
Envergadura: 38 metros
Altura: 10,53 metros
Velocidade de Cruzeiro: 670 km/h (361 knots, 415 mph)
Altitude máxima de voo: 10.200 metros (33,500 pés)
Peso máximo de decolagem: 61.000 kg
Motores: 4 × Progress AI-20L ou AI-20M turboelices, 4,000 ehp cada

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias