FAA anuncia regra final para facilitar a reintrodução do voo supersônico civil

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Hoje, 6 de janeiro de 2021, o Departamento de Transporte dos EUA e a Administração Federal de Aviação (FAA) emitiram uma nota informando que vão criar uma regra final para apoiar o desenvolvimento seguro de aeronaves civis supersônicas.  

As novas regras simplificarão os procedimentos para obter a aprovação da FAA para testes de voo supersônico nos Estados Unidos e pode balizar decisões de outros países do mundo. A principal mudança estaria na possibilidade de realizar testes supersônicos sobre o continente, algo que hoje a Lei Americana não permite.

“A decisão de hoje é um passo significativo para a reintrodução do voo supersônico civil e demonstra o compromisso do Departamento com a inovação segura”, disse a secretária de transportes dos EUA, Elaine Chao.

Essa regra ajudará a garantir que as empresas que desenvolvem essas aeronaves entendam claramente o processo de obtenção da aprovação da FAA para a realização de testes de voo, que é uma etapa fundamental para levar seus produtos ao mercado.

“A FAA apoia o desenvolvimento de aeronaves supersônicas, desde que os parâmetros de segurança sejam seguidos”, disse o administrador da FAA Steve Dickson. “O teste de aeronaves supersônicas em Mach 1 só será conduzido após a consideração de qualquer impacto ao meio ambiente”.

O DOT e a FAA preveem tomar medidas regulatórias adicionais para permitir o desenvolvimento de aeronaves supersônicas.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias