FAB intercepta monomotor suspeito no Pará; piloto pousa e põe fogo no avião

A Força Aérea Brasileira (FAB) interceptou, na manhã desta sexta-feira (25/09), sobre o Estado do Pará, uma aeronave classificada como suspeita, segundo informações de inteligência da Polícia Federal (PF), reforçando a capacidade de monitoramento e atuação na fronteira. As ações, realizadas em conjunto com a PF, envolveram dois caças A-29 Super Tucano e um E-99, além de todo o Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro (SISDABRA).

A aeronave monomotor, modelo T210N Turbo Centurion II, foi identificada pelos radares e interceptada em ponto próximo à Serra do Cachimbo no sul do estado do Pará, sendo comandado o pouso em uma pista determinada para averiguação, tudo sob a coordenação do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE). O monomotor não cumpriu as determinações dos órgãos de Defesa Aérea e evadiu-se, realizando pouso forçado em campo não preparado, localizado em uma área ao norte da Serra do Cachimbo, onde a Polícia Federal assumiu as ações. O piloto causou incêndio na aeronave e evadiu-se do local.

O Comandante de Operações Aeroespaciais, Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, destacou a prontidão da Defesa Aérea da FAB e o trabalho conjunto com os órgãos de segurança. “É importante ressaltarmos a prontidão da FAB e o trabalho conjunto com PF e outros órgãos de segurança. Cumprimos todos os procedimentos da Defesa Aérea e tudo transcorreu perfeitamente”, ressaltou.

A ação faz parte da Operação Ostium para coibir ilícitos transfronteiriços, na qual atuam em conjunto órgãos de defesa e de segurança pública.

Informações da FABFotos: Ten Enilto e Sgto Bianca

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Nova edição do AeroTalks acontece ao vivo nessa semana, veja como...

0
Entre os convidados para o bate-papo do AeroTalks estão representantes da ANAC, da Boeing América Latina e da companhia aérea LATAM.