Fabricante chinesa COMAC recebe pedido para 100 aviões da China Express

Nesta quarta-feira (10), a China Express Airlines assinou um acordo com a China Commercial Aircraft Company (COMAC) para comprar 100 aeronaves de passageiros ARJ21 e C919. A primeira entrega ocorrerá no último trimestre deste ano.

Avião COMAC C919
COMAC C919 em seu primeiro voo

Com a introdução de novas regras de viagem e a abertura de fronteiras, a indústria da aviação também começou a se mover. Hoje, a China Express Airlines fez um grande pedido junto ao fabricante de aeronaves regionais COMAC.

A companhia aérea regional de Guizhou não revelou detalhes do número de cada modelo que está comprando. Espera-se que as duas partes expliquem os detalhes do contrato posteriormente. Por outro lado, a fabricante apresentou um fato relevante na bolsa de valores de Shenzhen, tornando o assunto público.

O C919 está em um segmento equivalente da família Airbus A320 e Boeing 737. Com o objetivo de quebrar o duopólio da Airbus e da Boeing no mercado de aviões de corpo estreito, a Comac deverá manter o preço do C919 abaixo da família A220, A320 e B737.

No final de maio, a COMAC entregou 25 jatos regionais ARJ21-700, de acordo com relatórios da agência oficial do estado. As três maiores companhias aéreas estatais do país, Air China, China Southern Airlines e China Eastern Airlines assinaram acordos para 35 jatos ARJ21 em agosto do ano passado. As entregas da aeronave ocorrerão entre 2020 e 2024.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias