Falso piloto preso ao tentar invadir área restrita de aeroporto para tirar selfies

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Cena do filme “Prenda-me se for capaz” com Leonardo Di Caprio

Um homem foi preso após chegar ao extremo de falsificar uma identidade de piloto, vestir-se como tal e tentar acessar uma área restrita do Aeroporto Internacional de Suvarnabhumi, em Bangkok, na Tailândia, para fazer “selfies” para enviar à namorada.

O The Nation Thailand reporta que o jovem identificado como Ye Min Thu, um cidadão de Mianmar, foi condenado a oito meses de prisão por se passar por um piloto de avião, além de cometer crimes de imigração.

Queria ser piloto

O diretor do aeroporto, Suthirawat Suwannawat, disse que o foi pego na terça-feira da semana passada, 22 de dezembro, vestindo um uniforme de piloto de companhia aérea não especificada e portando uma identidade falsa. Funcionários do aeroporto desconfiaram de suas ações e de uma tentativa infrutífera de acessar a área de embarque do aeroporto e se aproximaram dele para lhe questionar sobre o que estava fazendo. 

Nervoso, Min Thu confessou o crime de falsificação de documento. Uma investigação sobre sua história revelou ainda que ele entrou na Tailândia para estudar em uma universidade, mas desistiu. Recentemente, ele estava estudando ciências aeronáuticas num curso online e morando em um condomínio na área de Hua Mak, em Bangcoc. 

Celular revelador

Para piorar sua situação, Min Thu, que viajou várias vezes para dentro e fora da Tailândia como estudante, tinha seu visto vencido desde abril de 2020, o que enquadrou sua situação em um crime de imigração ilegal. Ele foi rapidamente condenado a oito meses de cadeia por falsificação de documento e ultrapassagem do prazo de validade de seu visto em um tribunal provincial de Samut Prakan.

A polícia informou à mídia tailandesa que encontrou no celular do jovem diversas fotos que revelaram que o rapaz estaria tentando enganar sua namorada e família. Nas imagens, Min Thu era visto trajando uniforme de piloto em vários locais de aeroportos da Tailândia.

O caso do rapaz lembrou a história de Frank Abagnale, um golpista profissional que chegou a se passar por piloto e enganou muita gente, vindo a ser retratado no filme Prenda-me se for capaz, estrelado por Leonardo Di Caprio (foto de abertura dessa matéria).

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Um Iphone esmagado quase colocou fogo em um Boeing 787 a...

0
Boletim final apresenta detalhes do incidente envolvendo um Iphone que pegou fogo a bordo, em um voo da British Airways.