FedEx se torna a 1ª do mundo a receber 100 aviões Boeing 767-300F

Avião Boeing 767-300F FedEx

O mecânico de estruturas Kevin Dyk se autodenomina um sobrevivente. Ele passou toda a sua carreira na Boeing trabalhando no modelo 767. Na verdade, ele até fez parte da equipe que construiu o primeiro 767-300F (“Freighter”, ou Cargueiro) para a FedEx em 2013.

Agora líder da equipe para a seção dianteira da aeronave, Dyk está extremamente orgulhoso por ter construído o 100º cargueiro 767 a sair da fábrica para a FedEx em Everett, nos Estados Unidos.

“É uma sensação legal saber que os aviões que estamos construindo conectam todas as áreas do mundo com pacotes, entregas e comércio”, disse Dyk. “Em algum ponto, a vida da maioria das pessoas é afetada pelo 767 cargueiro porque é entregue algo para elas. Você não pode vencer esse sentimento.”

O 767-300F é o modelo atualmente utilizado pela FedEx em seus voos regulares ao Brasil, partindo 6 vezes por semana, exceto aos sábados, de Memphis, hub da companhia nos EUA, para o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP).

A FedEx recebeu seu primeiro 767 cargueiro em setembro de 2013, portanto, são 100 aviões novos de fábrica em menos de oito anos. A mais recente adição à sua frota chega em um momento crucial com remessas relacionadas a uma pandemia e o comércio eletrônico em expansão, mantendo os cargueiros em movimento no mundo todo.

“Esta entrega à FedEx marca a primeira vez que entregamos 100 767 cargueiros a um único cliente”, disse Kim Smith, vice-presidente e gerente geral dos programas 747 e 767. “Estamos focados em dar à FedEx um avião de alta qualidade para dar suporte ao importante trabalho que eles realizam”.

Avião Boeing 767-300F 100º FedEx
O adesivo comemorativo – Imagem: FedEx

Esta entrega especial tem um decalque exclusivo marcando o centésimo e ganhou o nome Ariella. A FedEx nomeia cada uma de suas novas entregas com o nome do filho de um funcionário.

A aeronave, que é registrada soba matrícula N277FE, partiu de Everett na sexta-feira, 14 de maio, em um voo de entrega de 3 horas e 29 minutos até Memphis, conforme registrado pela plataforma de rastreamento RadarBox:

O 100º Boeing 767-300F da FedEx no voo de entrega – Imagem: RadarBox

A FedEx também tem a maior frota do mundo de Boeings 777 cargueiros, com 45 atualmente em serviço (em dados de 31 de março). Segundo a companhia, os 767-300F substituem principalmente os antigos MD-10 cargueiros.

A Boeing entregou até hoje 192 jatos 767-300 cargueiros para nove clientes identificados em todo o mundo, portanto, a FedEx tem mais da metade de todos os 767-300F originais de fabricação do mundo. Outras 70 unidades foram recebidas pela concorrente UPS, que também voa regularmente com o modelo para o Brasil.

Com informações da Boeing e do Airfleets

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias