Flair Airlines anuncia ampliação de 430% na frota, com Boeings 737 MAX 8 novos

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Flair Airlines Boeing 737-800NG
Boeing 737-800 atualmente operado pela empresa – Imagem: Flair Airlines

A Flair Airlines, única companhia aérea de ultra-baixo custo (ULCC) do Canadá, anuncia hoje (27) que está expandindo ambiciosamente sua frota em 430%, com a adição de 13 novas aeronaves Boeing 737 MAX 8. Atualmente, a empresa utiliza 3 Boeings 737-800NG.

Intitulando-se como a única ULCC verdadeira do Canadá, a Flair informa que irá acelerar sua missão disruptiva de tornar as viagens acessíveis a todos os canadenses.

“Os canadenses vêm pagando muito há muito tempo. Devemos fazer nossa parte para garantir que viagens aéreas acessíveis estejam disponíveis para todos os canadenses em todo o Canadá, se as viagens e o turismo retornarem este ano”, disse Stephen Jones, presidente e CEO da Flair Airlines.

“Nossa nova aeronave nos fornecerá a base para executar nosso modelo de negócios ULCC. Esses aviões vão nos permite manter as tarifas baixas e, ao mesmo tempo, expandir nosso serviço para atender à demanda de viagens. Como uma ULCC, temos um extraordinário impacto nas vidas dos canadenses e nas comunidades em que vivem, tornando as viagens pelo país mais acessíveis”, complementa o CEO.

A nova aeronave permitirá, segundo a Flair, que a companhia alcance o menor custo por assento-milha de qualquer companhia aérea canadense. A aeronave vai entregar economia de combustível e redução das emissões de CO2 em 14%. Emissões mais baixas por passageiro são um passo vital na redução da pegada de carbono da Flair enquanto trabalha para se tornar a companhia aérea mais verde e sustentável do Canadá.

“Antes da nova aeronave 737-8 se juntar à nossa frota de 737-800s existentes, equipes de pilotos, profissionais de manutenção, comissários de bordo e oficiais de segurança da Flair conduzirão programas extensivos de teste e treinamento”, diz Jones. “Esperamos trabalhar com a Boeing e nossos reguladores para garantir uma entrada tranquila em serviço para esta aeronave fantástica.”

A nova aeronave 737-8 da Flair será configurada para acomodar 189 passageiros e voará a até 3.550 milhas náuticas (6.570 km). A aeronave permitirá que a companhia amplie sua rede em todo o Canadá com mais opções de serviço de baixa tarifa para um maior número de destinos.

A Flair irá arrendar as 13 aeronaves iniciais de um de seus financiadores importantes, a 777 Partners, que recentemente celebrou um acordo com a Boeing para 24 novas aeronaves Boeing 737-8 junto com opções de compra de outras 60 do mesmo modelo. A companhia começará a receber as novas aeronaves já neste início de 2021.

Com este pedido, a Flair reforça que está a caminho de alcançar sua ambição “F50” de crescer para 50 aviões em cinco anos. “Os dias de escolhas limitadas e frustração com as altas tarifas das companhias aéreas tradicionais acabaram”, diz Jones. “A Flair e as viagens de ultra-baixo custo vieram para ficar. Os canadenses não pagarão mais um prêmio para explorar seu próprio país.”

A Flair informa que atualmente aceita manifestações de aeroportos interessados ​​em fazer parceria para fornecer serviço ULCC a suas comunidades.

Informações da Flair

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

AG600 Kunlong, o novo grande avião chinês, inicia testes para combate...

0
Com o codinome Kunlong, o AG600 é uma peça-chave do arsenal aeronáutico no sistema de resgate de emergência da China.