Flamengo fretará dois jatos Boeings 777 para chegar ao Mundial de Clubes

Se você achou uma ostentação os torcedores do Flamengo fretarem um Boeing 777 para ir ao Mundial, pois fique sabendo que o time quebrou a banca!

Boeing 777 Qatar Flamengo
Boeing 777 da Qatar Airways levará o time carioca

O Clube de Regatas do Flamengo fretará nada mais e nada menos que dois jatos Boeing 777, o maior avião bimotor que já voou no mundo! Os voos já foram solicitados e aprovados junto à ANAC.

O chamado #AeroFla será a cargo da Qatar Airways, que é a transportadora oficial do Mundial de Clubes FIFA 2019, realizado na terra natal da companhia aérea, o Catar.

Serão dois voos para levar o time e a comitiva, saindo sem escalas do Aeroporto RIOgaleão (GIG) para Doha (DOH) no Catar com duração média de 14 horas. Fontes no setor informaram ao AEROIN que o time chegou a considerar o Airbus A380 da HiFly, mas seria “um pouco exagerado”.

O primeiro voo será feito com o Boeing 777-200LR e o segundo com o 777-300ER, que levam respectivamente até 272 e 412 passageiros. O 777-300ER é o maior avião bimotor que já tomou os céus, e será superado apenas pelo seu sucessor, o gigante 777X.

Na programação, os números de voos que se iniciam com o número 3 (QR 3XXX) são os translados, e os que iniciam com 7 (QR 7XXX) são efetivamente com a comitiva do clube carioca.

Fontes no clube apontam que o primeiro voo levará efetivamente os jogadores, sendo assim o #AeroFla deve decolar na sexta-feira, dia 13, às 13h35 do Galeão. Veja abaixo a programação:

A chegada com ou sem o título deve ser no dia 22 às 18h35, um dia após a grande final do mundial de clubes. Vale lembrar que estes horários são previsões e podem mudar, assim como o time pode ir no segundo voo.

A concessionária que administra o GIG, a RIOgaleão, ainda não informou se o embarque dos jogadores será pelo Terminal de Cargas (TECA), similar ao que foi para a ida da Libertadores. Assim que tivermos uma confirmação sobre o #AeroFla iremos publicar aqui, fique ligado!

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Embraer vai apresentar o avião Super Tucano na Ucrânia

0
A brasileira Embraer busca mais um cliente estrangeiro para o caça de ataque leve Super Tucano, e agora no leste europeu: a Ucrânia.