Flybondi bate recorde de vendas após fim do preço mínimo

Logo após o primeiro mês com o fim da banda tarifária que fixava preços mínimos nas passagens aéreas na Argentina, a low-cost Flybondi bateu seu recorde de vendas.

Avião Boeing 737 Flybondi




Foram comercializadas 190 mil passagens em todo o mês de agosto. “Para a Flybondi o fim da banda mínima significou a possibilidade de poder oferecer preços ultra low cost. Com os preços mais baixos do mercado se inicia uma mudança importantíssima: viajar de avião voltou a ser acessível”, declarou o CEO Julian Cook.

O impacto segundo o CEO é notável: em 7 meses de operação, mais de 470 mil pessoas voaram com a companhia, sendo que 80 mil delas decolaram pela primeira vez em suas vidas.

Outro recorde foi na pontualidade: a empresa atingiu 91% dos voos com atrasos de menos de 1 hora, e 70% com atrasos inferiores a 15 minutos. E para comemorar, lançou a promoção Fly Sale! com passagens a partir de $199 pesos argentinos (R$21).

Sem preço mínimo, Argentina tem noite de passagens a R$27

Durante os dias 3 e 4 de setembro será possível comprar passagens a partir de $199 pesos (Buenos Aires-Córdoba; Buenos Aires-Bahía Blanca; Córdoba-Mendoza), $299 (Buenos Aires-Neuquén; Buenos Aires-Posadas; Buenos Aires-Santiago del Estero; Córdoba-Bariloche), $399 (Buenos Aires-Mendoza; Buenos Aires-Tucumán),ou $449 (Buenos Aires-Jujuy; Buenos Aires-Iguazú; Buenos Aires-Salta)

Os preços acima são por trecho e incluem taxas + impostos além de um bagagem de mão de até 6 kg. A promoção vale apenas para passagens de ida e volta com uma antecedência mínima de 30 dias. As passagens podem ser adquiridas através do site oficial da companhia e são para viagens até o dia 30 de junho de 2019.

Pela Assessoria de Imprensa da Flybondi.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos