Flybondi se prepara para voltar a voar; serviço de venda a bordo terá álcool em gel

A Flybondi, a primeira companhia aérea de baixo custo da Argentina, apresenta seu protocolo sanitário “Flybondi te Cuida”, que inclui medidas de proteção para passageiros e funcionários em todas as etapas da viagem, antes, durante e após o voo.

Avião Boeing 737-800 Flybondi
Imagem: Flybondi

Todas as medidas contempladas no referido protocolo estão alinhadas às recomendações da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), do Conselho Internacional de Aeroportos (ACI), da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde da Nação.

“Fomos a primeira companhia aérea do país a implementar medidas de prevenção a bordo, mesmo antes do início do período de isolamento. Na Flybondi, estamos muito comprometidos em buscar a proteção de nossos colaboradores e clientes, dando-lhes tranqüilidade e segurança na hora de retomar as operações de voo”, explica Mauricio Sana, diretor comercial da empresa.

Estes são alguns dos pontos mais importantes do protocolo:

Passageiros:

  • O uso de uma máscara facial é obrigatório para viajar, portanto os passageiros devem chegar ao aeroporto com o elemento de proteção e usá-lo durante toda a estadia no aeroporto e a bordo.
  • É recomendável fazer o check-in na web ou imprimir o cartão de embarque antes da chegada ao aeroporto.

No aeroporto:

  • Todas as pessoas da Flybondi que trabalham na área de check-in e embarque usarão elementos de segurança e proteção.
  • Um dispensador de álcool em gel estará disponível em todos os balcões para uso dos passageiros.
  • Scanners de cartões de embarque foram instalados para evitar multidões e a distância social será mantida no processo de embarque e desembarque.
  • Toda a bagagem deve ser despachada e irá para o porão do avião. Para a retirada da mesma no aeroporto de chegada, a companhia aérea reforçará seus procedimentos para que esteja disponível dentro de um prazo máximo de 5 minutos após a abertura das portas. Além disso, no carrossel, as malas serão separadas para garantir a distância.
  • Caso seja necessário transferir passageiros de ônibus para um portão de embarque longe do terminal, haverá uma capacidade máxima reduzida. Por sua vez, eles serão higienizados após cada remessa.
  • O desembarque será realizado respeitando as fileiras para garantir o distanciamento social.

Em voo:

  • Toda a tripulação do Flybondi usará máscaras, luvas e óculos de proteção durante o voo.
  • Os passageiros devem usar um cinto de segurança permanentemente, e ele só pode ser solto nos casos de uso no banheiro.
  • Foi desenvolvido um novo serviço de vendas a bordo, que inclui um processo prévio de saneamento e embalagem de produtos (alimentos e bebidas). E você também pode comprar elementos de proteção individual, como máscaras e álcool em gel.

Também é importante observar que todas as aeronaves da frota da empresa possuem um sistema de recirculação de ar, que renova o ar a cada 3 minutos, graças aos filtros HEPA (High Efficiency Particulate Air), que removem 99,98% do partículas de vírus e bactérias do ar. Por sua vez, serão realizados saneamento e desinfecção completos diários de todas as aeronaves.

Passagens ultra flexíveis

A Flybondi também lançou seus bilhetes “Ultra low cost, Ultra flex” para os bilhetes que são comprados até 30 de setembro de 2020, duas alterações de data serão permitidas sem custo adicional ou pagamento de multa. Aplica-se a todas as rotas domésticas da companhia aérea.
Termos e condições: https://flybondi.com/ar/informacion-legal/flex/

Informações da Flybondi

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Belas imagens por fora e por dentro do primeiro Boeing 777F...

0
A grande aeronave chega em boa hora, já que os grupo Volga-Dnepr está com todos os Antonov AN-124 parados após o acidente em novembro.