Início Sem categoria Foi demitido o comandante de Boeing que levou o vírus de volta...

Foi demitido o comandante de Boeing que levou o vírus de volta a Taiwan

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A EVA Air decidiu nesta quarta-feira, 23 de dezembro, encerrar o contrato de trabalho de um comandante neozelandês considerado responsável por causar a primeira transmissão doméstica de coronavírus em Taiwan em oito meses.

Segundo a Reuters, a infecção de uma mulher local pelo piloto, anunciada dias atrás, causou consternação generalizada no país, que ganhou elogios mundiais pela forma como lidou com a pandemia. As autoridades reavaliaram a segurança dos eventos durante o período de Natal e Ano Novo, enquanto as lojas de departamentos que o homem visitou durante sua estada fecharam para uma desinfecção completa.

Um comitê disciplinar da EVA Air se reuniu na quarta-feira e determinou que o piloto, que voa aeronaves de carga deveria perder o emprego, já que ele claramente violou as próprias regras de prevenção de vírus da empresa e causou sérios danos à reputação e imagem da companhia aérea, informou a CNA.

O neozelandês mentiu para a companhia aérea e as autoridades sobre sua saúde e também se recusou a fornecer todos os detalhes necessários sobre seu histórico de viagens em Taiwan. Ele não mencionou que passou um tempo na companhia da mulher que infectou, e não disse quais locais visitou, segundo relatórios.

Enquanto em alguns lugares as coisas são contemporizadas, em outros, como Taiwan, não tem choro e nem vela, e a dura lei acaba sendo aplicada doa a quem doer.