Início Aviação Militar Forças Aéreas do Brasil e Peru formalizam propostas de atividades para 2022...

Forças Aéreas do Brasil e Peru formalizam propostas de atividades para 2022 e 2023

Imagem ilustrativa: Força Aérea Brasileira

A VIII Reunião de Conversações entre os Estados-Maiores da Força Aérea Brasileira e da Força Aérea do Peru (VIII REMFA Brasil-Peru) foi realizada nos dias 14 e 15 de setembro, em Brasília (DF). Na oportunidade, foram formalizadas propostas de atividades de cooperação a serem desenvolvidas nos anos de 2022 e 2023 entre as duas Instituições.

O Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno, o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea Peruana, Tenente-General Alfonso Javier Artadi Saletti, e comitiva, discutiram sobre atividades que têm o propósito de compartilhar experiências operacionais e conhecimentos técnico-profissionais entre as duas Forças Aéreas.

A comitiva, por ocasião da REMFA, também conheceu as instalações do Primeiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA I), e também do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE). As visitas objetivaram estreitar os laços de amizade e fortalecer o espírito de cooperação bilateral.

Imagem: Soldado A. Soares / CECOMSAER

Fizeram parte da comitiva peruana o Chefe da Seção de Assuntos Internacionais, Coronel Aviador Mario Antonio Montalvo; o Adido de Defesa do Peru no Brasil, Coronel Aviador Hugo Hector Zuzunaga Oblitas; e o Oficial Assistente, Comandante Marco Antonio García Ostolaza.

Representando a Força Aérea Brasileira (FAB), participaram do REMFA o Chefe da Segunda Subchefia do Estado-Maior, Brigadeiro do Ar Paulo Roberto de Carvalho Junior; o Chefe da Cooperação Militar Internacional, Coronel Aviador Jorge Maurício Nascimento Autonamo; dentre outras autoridades.

Na ocasião, o Chefe do EMAER, Tenente-Brigadeiro Damasceno, destacou a relação bilateral entre as duas nações. “Isto demonstra o interesse dos nossos países e de nossas Forças Aéreas na busca de oportunidades de cooperação para as nossas parcerias”, disse.

O Oficial-General falou, ainda, sobre o incremento da transparência relacionada à área de defesa. “A FAB, na sua concepção estratégica, entende que o caminho para incrementar o relacionamento com o Peru deve ser pautado na confiança mútua e na perspectiva da cooperação regional e internacional. Mais uma vez, eu gostaria de agradecer a presença de todos nesta Reunião de Conversações que fortalecerá os laços de amizades entre os dois países”, afirmou.

Imagem: Soldado A. Soares / CECOMSAER

O Chefe do Estado-Maior da Força Aérea Peruana (FAP), Tenente-General Alfonso Javier Artadi Saletti, reforçou que o evento foi significativo para o fortalecimento da integração entre as duas Forças Aéreas. “Esta foi uma oportunidade para reiniciarmos as conversas e estreitar o relacionamento entre os dois países amigos que têm uma relação histórica. Estas reuniões são fundamentais para manter os laços de amizade, superando a distância e o tempo”, declarou.

Ao final do segundo dia de reuniões, as autoridades firmaram o compromisso de realização de uma série de atividades a serem desenvolvidas em 2022 e 2023. Dentre elas, destacam-se ações de interação dos Estados-Maiores com foco na vigilância e na presença das Forças Aéreas nas zonas fronteiriças da Região Amazônica, visando ao combate aos ilícitos transfronteiriços; bem como a realização de visitas técnicas, cursos, seminários, intercâmbios e exercícios com a participação de várias Organizações Militares das duas Forças.

Informações da Força Aérea Brasileira

Sair da versão mobile