França cancela projeto de expansão de € 9 bi do Aeroporto de Paris por motivos ambientais

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Aeroporto Paris CDG Charles de Gaulle
Terminal 1 do Aeroporto CDG – Imagem: Citizen59 / CC BY 3.0, via Wikimedia Commons

O governo francês descartou planos para uma grande expansão de € 9 bilhões (cerca de 58 bilhões de reais) de seu famoso Aeroporto Charles de Gaulle (CDG), em Paris, citando que, além dos impactos da Covid-19, preocupações ambientais e metas climáticas resultaram na decisão.

De acordo com declaração, ao jornal Le Monde, da ministra francesa da Transição Ecológica, Barbara Pompili, responsável pela preparação e implementação da política do governo francês em sustentabilidade e ação climática, o governo agora pediu à operadora do aeroporto parisiense que abandone o projeto “obsoleto”.

Barbara disse na quinta-feira (11) que o ministério também disse à Aeroports de Paris (ADP) que o projeto de expansão “não está mais alinhado com a política ambiental” do governo.

A principal operadora de aeroporto estatal logo confirmou o cancelamento do projeto e se comprometeu a apresentar estratégias alternativas para transformar os aeroportos Charles de Gaulle e Orly de Paris em “líderes na aviação verde”.

No entanto, a ADP observou que sua decisão de descartar o projeto também é “uma das consequências da crise da Covid-19”.

A atualização levaria o Charles de Gaulle aumentar sua capacidade em mais 40 milhões de passageiros anualmente e criar 50.000 novos empregos. Em 2019, o movimento do CDG foi de 76 milhões de pessoas.

A partir de agora, a expectativa é que quaisquer planos de expansão futura para o aeroporto que aumentem as emissões de carbono sejam barrados pelo mais recente projeto de lei francês, que foi elaborado com base em preocupações climáticas do público.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias