Fumaça em tablet de passageiro força voo da Etihad a ser desviado

Aeronave similar à envolvida no incidente

Um voo da Etihad Airways para Washington DC fez um pouso de emergência em Dublin depois que uma fumaça emitida pelo tablet de um passageiro desencadeou o desvio do voo. A companhia aérea confirmou que o voo EY131 da última segunda-feira (16), operado pelo Boeing 787-9 A6-BLA, foi desviado para remover o dispositivo antes de prosseguir para a capital dos EUA, onde chegou com um atraso de quase quatro horas.

Empresa emite nota sobre o caso

O desvio foi uma medida de precaução. Em um comunicado, a companhia aérea disse: “o voo EY131 da Etihad Airways operando de Abu Dhabi para Washington, DC em 16 de setembro foi desviado para Dublin por precaução devido à fumaça emanada do tablet de um hóspede (como a empresa chama seus clientes)”.

Rota do voo

“A situação foi gerenciada rapidamente pela tripulação e a aeronave pousou com segurança em Dublin, onde o dispositivo foi removido antes que o voo continuasse ao seu destino. A segurança e o conforto de seus passageiros e tripulantes é a principal prioridade da Etihad e lamentamos qualquer desconforto ou inconveniente causado por esse desvio necessário”, finalizou a empresa

Dispositivos Apple proibidos em voos

No início deste mês, as transportadoras dos Emirados Árabes Unidos Etihad, Emirates e flydubai proibiram os passageiros de transportar os laptops MacBook Pro da Apple em bagagem despachada, como parte de medidas relacionadas à segurança.

“Os passageiros ainda podem transportar laptops MacBook Pro em voos, mas apenas na bagagem de cabine. Os laptops sujeitos a recall do fabricante devem permanecer desligados durante o voo. O carregamento dos dispositivos não será permitido em voo”, disse a operadora de Abu Dhabi. na declaração.

Em 8 de setembro, a Emirates também proibiu certos modelos de MackBook Pro de 15 polegadas em bagagem despachada como parte de precauções de segurança .

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.