Fundo americano surpreende com nova oferta de US$ 1,3 bilhão à Latam Airlines

No final de julho, falamos sobre uma proposta do fundo americano Jefferies para aportar dinheiro na LATAM Airlines, como parte do seu programa de reorganização, sob a égide do Chapter 11 dos Estados Unidos. Se a proposta do Jefferies já chamava a atenção per se, agora o fundo entra com uma segunda oferta, dobrando o montante que deseja investir no grupo aéreo latino-americano.

Segundo o periódico chileno La Tercera, o Jefferies, um fundo especializado em empresas em reorganização, já havia feito uma proposta na Tranche C (ver abaixo o que significa), num montante de US$ 900 milhões, competindo por ela com alguns dos principais acionistas atuais da aérea, a Qatar Airways e a Família Cueto. No entanto, uma nova proposta, desta vez da Tranche A foi apresentada pelo fundo no domingo (2).

Desta forma, no total, o Jefferies se prontifica a investir US$ 2,2 bilhões na empresa latina, ou seja, 100% das Tranches A e B definidas no programa de reorganização.

Tranche A

Dentro do processo de reorganização da empresa, a Latam Airlines estruturou sua necessidade de capital em três tipos de aportes ou tranches. Dessa forma, há três possibilidades de investidores privados participarem do financiamento da companhia, as quais foram chamadas de Tranches A, B e C.

Na primeira (Tranche A) não existe a opção de converter a dívida em ações, mas possui uma preferência de pagamento em relação à C. Já a Tranche B, por sua vez, foi criada para eventuais contribuições dos Estados, mas não houve ofertas. Por fim, a C é a Tranche mais disputada, por que dá direito de converter a dívida em ações da empresa e, portanto, ter uma participação acionária relevante bem como o direito de voto.

Juiz decidirá

Todas as empresas interessadas em investir na LATAM encaminharam suas propostas ao juiz do caso, James L. Garrity. Ele decidirá sobre as empresas ou fundos que serão responsáveis por aportar recursos através de cada uma das Tranches mencionadas acima.

Com a oferta de domingo, o Jefferies competirá na Tranche A com ao fundo Oaktree, que também colocou na mesa uma proposta de US$ 1,3 bilhão para a companhia aérea. Essa oferta, no entanto, tem sido objeto de questionamentos, devido, entre outros, à cobrança de uma taxa de quase US$ 10 milhões que a Latam teria que pagar antecipadamente. Apenas um dos dois fundos sairá “vencedor” dessa etapa.

Por sua vez, na Tranche C, o Jefferies concorre com a proposta das famílias Cueto e Amaro, além da Qatar Airways, todas acionistas atuais da Latam.

Ainda há um investimento complementar, que virá de outros acionistas, no valor de US$ 240 milhões, mas que não entra nessa estrutura de tranches acima, mas também não é um aporte com garantias. Saberemos do resultado antes do final dessa semana.

Reclamações de acionistas menores

Esses mesmos acionistas que fazem parte do aporte menor têm reclamado dos benefícios que seriam concedidos para os outros investidores maiores, como a prioridade no recebimento do dinheiro ou a conversão da dívida em ações, o que transforma as dívidas em “super dívidas”. Sem dúvida, esse será outro ponto de preocupação a ser considerado pelo juiz Garrity.

Carlos Roman
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Avião Airbus A330-200 Aerolíneas Argentinas

IATA condena taxa de 35% sobre passagens aéreas internacionais da Argentina

0
“Esta decisão não poderia ter vindo em pior hora", disse Maria José Taveira, Gerente de Área Argentina, Paraguai e Uruguai da IATA.