Empresa chinesa inicia programa de conversão do Boeing 737-800 em cargueiro

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A empresa de manutenção Guangzhou Aircraft Maintenance Engineering Company Limited (GAMECO), com sede em Guangzhou, na China, anunciou na última segunda-feira (18) o início dos trabalhos de sua primeira conversão para a versão cargueira de um Boeing 737-800.

Aeronave B737-800 que será convertida – Imagem: GAMECO

O modelo surgido dessa conversão foi batizado pela Companhia chinesa como B737-800PTF (Passenger To Freighter, passageiro para cargueiro, em português, referindo-se à conversão), segundo divulgado em sua página.

A crise provocada pela disseminação global do novo coronavírus, que desencadeou várias medidas de combate à pandemia, expôs uma grave escassez na oferta de transporte de carga aérea por todo o mundo.

Com o aumento da demanda por aeronaves de carga, a GAMECO entende que a abertura da linha de produção da conversão do B737-800PTF pode atender às crescentes demandas tanto na China quanto no exterior, além de contribuir para a expansão da capacidade do mercado global de carga aérea.

Segundo o Flight Global, não está claro quem é o cliente para o cargueiro convertido. A aeronave que está sendo convertida tem matrícula americana N520AM e, de acordo com dados do Airfleets, era operada pela Aeromexico desde 2011, tendo sido devolvida ao lessor neste mês de maio de 2020.

O anúncio dessa primeira unidade acontece pouco mais de seis meses após o anúncio de uma parceria com a Boeing para a GAMECO levar à China o programa de conversão batizado Boeing Converted Freighter (BCF), ou Cargueiro Boeing Convertido.

A GAMECO é uma Empresa MRO (Manutenção, Reparo e Revisão), certificada junto às autoridades aeronáuticas de aviação civil chinesa (CAAC), americana (FAA), europeia (EASA), e junto a outras autoridades aeronáuticas na região da Ásia-pacífico.

É capacitada a executar vários níveis de manutenção, cheques, modificações e serviços de engenharia em aeronaves Boeing 737, 747, 757, 767, 777, 787, Airbus A300, A310, A320, A330, A380 e Embraer E-145 e E-190, conforme divulgado em seu portal.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Comentários estão fechados.