Gigante Airbus A380 é danificado ao sair da manutenção. Que estrago!

Um superjumbo Airbus A380 foi seriamente danificado depois que o avião de dois andares encerrou sua manutenção e era retirado do hangar de serviço.

Avião Airbus A380 Qantas
Airbus A380 da Qantas

O A380 da companhia aérea Qantas atingiu um equipamento de solo, semelhante a um andaime, enquanto era removido do hangar no aeroporto de Sydney, na Austrália, fazendo com que sua porta fosse quase arrancada.

O incidente na base operacional da Qantas ocorreu neste sábado, 09 de novembro, e forçou o cancelamento do voo QF7 de Sydney para Dallas, nos EUA, que decolaria na tarde de sábado. Segundo dados do FlightRadar24, um outro Airbus A380, de matrícula VH-OQL, chegou a ser programado para o voo, mas a decolagem não ocorreu.

O voo de volta, número QF8, que deveria deixar Dallas neste domingo, também foi cancelado devido ao A380 danificado.

Flight Radar 24 Voo QF7 191109
FlightRadar24 mostra os voos do dia 9 sem confirmação de decolagem (ATD)

A companhia aérea já possui dois A380 em solo, fazendo manutenções em Brisbane, na Austrália, e Abu Dhabi, no Oriente Médio. O gigante é o carro-chefe da Qantas em rotas longas de alta demanda, tendo 12 unidades na frota da empresa.

O A380 danificado, de registro VH-OQB, estava fora de operação desde o dia 6 de novembro, passando por manutenção de rotina no Hangar 96. A mídia australiana informa que ele estava sendo retirado com certa pressa para retornar ao serviço.

Porta arrancada A380 Qantas Manutenção
A porta completamente danificada pela estrutura amarela

Os engenheiros preveem que demore cerca de duas semanas para consertar a aeronave danificada.

A Qantas emitiu um comunicado confirmando que a porta da aeronave do A380 “sofreu alguns danos dentro do hangar” durante a manutenção. “Estamos trabalhando para minimizar os impactos aos nossos clientes e pedimos desculpas por qualquer atraso”, disse um porta-voz no sábado.

Os passageiros que estavam nos voos cancelados entre Sydney e Dallas foram realocados em serviços alternativos.

Mais cuidados com as portas, pessoal!

O caso deste final de semana na Austrália vem apenas dois meses depois que uma outra porta também foi quase arrancada em uma aeronave Boeing 777.

Na ocorrência do início de setembro, um 777-300ER da companhia aérea russa Aeroflot estava no pátio do Aeroporto Internacional Sheremetyevo, em Moscou, quando a porta foi danificada por um finger (aquela estrutura que encosta na aeronave para a entrada e saída de passageiros).

As imagens que circularam pelas redes sociais naquele dia mostraram a porta bastante desalinhada em função de sua estrutura de fixação ter sido torcida pelo finger. Veja na matéria a seguir maiores detalhes:

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Gol e Azul recebem mais aviões nessa semana; Latam devolve dois

0
Idas e vindas de aeronaves são comuns e nem todas são reportadas, no entanto, em um período de pandemia, onde tudo parece incerto