Maior avião de passageiros do mundo, A380 faz primeiro voo levando só carga

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Pela primeira vez na história, o maior avião de passageiros do mundo, o Airbus A380, realizou um voo completamente cargueiro. A operação foi organizada e executada pela MASkargo, uma divisão da estatal Malaysia Airlines.

Airbus A380 Malaysia

O voo da MASkargo entre as cidades de Kuala Lumpur, na Malásia, e o Aeroporto de Heathrow, em Londres, ocorreu no final da semana passada. A missão se junta a outras tantas ao redor do mundo, em que aviões de passageiros levam carga, mas com um ingrediente especial por ter sido o primeiro voo dessa característica operado com um Airbus A380.

Devido à pandemia do coronavírus, os aviões cargueiros estão sendo requisitados de maneira nunca vista, principalmente para que busquem as disputadas cargas médicas chinesas de respiradores e equipamentos de proteção individual (EPIs). Com a alta concorrência, faltam aviões para levar suprimentos, sejam eles médicos ou não, além do custo do frete ser levado às alturas.

Com isso, muitas empresas aéreas privadas ou estatais estão convertendo aeronaves de passageiros em cargueiras para ganhar um dinheiro extra com frete. Por conta disso, esse A380 da Malaysia Airlines foi destacado para essa missão.

A empresa disse que a carga viria de Guangzhou e que inicialmente seria um Airbus A350 a levá-la, mas a demanda aumentou e tiveram que substituí-lo pelo A380. Não foi informado se a empresa utilizou os 494 assentos do seu A380 para levar cargas, assim como muitas companhias aéreas tem feito, como é o caso da LATAM.

Como mostra a imagem acima, extraída do FlightRadar24, o voo MH4 partiu da Kuala Lumpur às 9h50 da terça-feira (28), com 26 toneladas de uma carga composta principalmente por mercadorias de comércio eletrônico originárias de Guangzhou.

“As horas de voo dos nossos aviões cargueiros foram utilizadas ao máximo devido aos esforços humanitários de assistência ao covid-19 e a outras demandas comerciais”, disse lbrahim Mohamed Salleh, diretor executivo da MASkargo ao Air Cargo News. “Como os cargueiros estão todos ocupados, inovamos por meio do projeto “Passageiros para carga” (P2C), onde usamos nossa frota de aviões A330 de passageiros para transportar carga”.

“Com o aumento do volume de carga não tivemos escolha a não ser utilizar as maiores aeronaves da frota para atender às expectativas de nossos clientes. O A350 originalmente programado não podia atender ao volume de carga que precisávamos transportar”, complementa Salleh.

“Essa é definitivamente uma abordagem inovadora e ‘fora da caixa’ da nossa parte; já que nenhuma outra companhia aérea que possui o Airbus A380 fez isso antes”.

lbrahim Mohamed Salleh, diretor executivo da MASkargo.

A MASKargo disse que na perna de retorno a aeronave também estava totalmente carregada de carga, principalmente produtos farmacêuticos e correio.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Avião Airbus A380 da Hi Fly faz um voo cargueiro pela...

0
Em julho, falávamos sobre a adaptação de um Airbus A380 da empresa aérea portuguesa Hi Fly para levar exclusivamente carga, mas desde então