GOL divulga decolagens, passageiros, assentos, ocupação e outros de abril de 2021

A GOL Linhas Aéreas divulgou na sexta-feira seus resultados prévios de tráfego referentes ao mês de abril deste 2021, apresentando seus dados de oferta, demanda, ocupação, passageiros transportados e decolagens, entre outros.

A companhia ainda segue operando apenas voos domésticos, portanto, todos os dados são referentes ao mercado nacional. Confira a seguir como foi o mais recente mês da companhia aérea, primeiro em relação ao ano passado e depois em relação ao mês de março.

Abril/2021 x Abril/2020

Na comparação ano a ano, houve um enorme aumento positivo em todos os indicadores da GOL em abril de 2021, porém, os resultados são distorcidos pela completa parada da aviação nacional durante o mesmo mês de abril do ano passado, o primeiro completamente impactado pela Covid-19.

Entretanto, os indicadores muito superiores desse ano mostram que, apesar da segunda onda da Covid-19 ser muito mais grave do que a anterior, dessa vez a aviação não enfrentou um desaparecimento completo de demanda.

O número de decolagens, por exemplo, foi de 4.551 em abril de 2021, frente a 1.168 em abril de 2020, alta de 289,6%. A bordo destes voos da GOL estiveram cerca de 661 mil passageiros, contra cerca de 143 mil no mesmo mês do ano passado, alta de 360,9% na demanda.

Os assentos oferecidos nestes voos em abril de 2021 foram cerca de 808 mil, alta de 340,3%, resultando em uma taxa de ocupação de 82,8%. No ano passado, haviam sido cerca de 184 mil assentos, ficando 79,5% deles ocupados.

Em termos do indicador ASK (assentos vezes quilômetros disponíveis), que fornece o resultado da multiplicação entre o número de assentos oferecidos pela empresa e o número de quilômetros voados, o valor passou de 239 milhões em abril de 2020 para 893 milhões em 2021, um aumento de oferta de 273,5%.

Em termos de RPK (passageiros vezes quilômetros nos voos), que fornece o resultado da multiplicação entre o número de passageiros que voaram e o número de quilômetros voados, o valor passou de 190 milhões para 739 milhões, alta de demanda de 289,2%.

A quantidade de carga transportada nos voos da GOL havia sido cerca de 800 toneladas em abril de 2020, contra cerca de 2.600 toneladas em 2021, alta de 205,1%.

A tabela a seguir apresenta os dados descritos acima.

Abril/2021 x Março/2021

Na comparação sobre o mês imediatamente anterior, os dados mostram que a GOL enfrentou uma continuidade na tendência de contração das viagens domésticas, que ocorre mês a mês desde o início de 2021.

Com base nos resultados que apresentamos no mês passado, os parâmetros da companhia variaram da seguinte forma:

Decolagens: as 4.551 decolagens de abril representam redução de 40% sobre as 7.581 partidas de março.

Passageiros: os cerca de 661 mil passageiros transportados representam contração de 29,5% na demanda sobre os 937 mil de março.

Assentos: os cerca de 808 mil assentos disponibilizados em abril resultam em implementação de redução de 39,3% sobre 1,331 milhão do mês anterior.

Taxa de ocupação: a taxa de ocupação mostra-se como o único parâmetro que evoluiu positivamente, indicando que a GOL administrou bem a queda de demanda com uma redução mais intensiva dos assentos oferecidos. A ocupação foi de 82,8% em abril, contra 71,8% em março, alta de 11 pontos percentuais.

ASK: os 893 milhões de assentos-quilômetros oferecidos em abril representam a implementação de uma redução de 44,5% sobre 1,609 bilhão em março.

RPK: os 739 milhões de passageiros-quilômetros de abril representam 36,0% de redução de demanda frente a 1,154 bilhão de março.

Carga: as 2.600 toneladas de carga transportadas em abril de 2021 mostram contração de 27,8% em relação ao total de 3.600 toneladas de março de 2021.

Com informações da GOL Linhas Aéreas

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Avião Airbus A319 Avianca

Após 4 anos, Avianca recontrata cerca de 100 pilotos que participaram...

0
A Avianca chegou a um acordo com seus pilotos para a reintegração progressiva de cerca de 100 aviadores que deixaram a empresa em 2017.