GOL inaugura voo de Brasília a Cancún

Avião Boeing 737 Gol

Nesta sexta-feira (28) decolou do Aeroporto de Brasília o primeiro voo para Cancún, no México. A nova rota internacional é operada pela GOL Linhas Aéreas e terá quatro frequências semanais, partindo do Terminal brasiliense todas as segundas, quartas, sextas e domingos, às 10h20.

O voo chega na capital nas segundas, terças, quintas e sábados, às 07h50. O Boeing 737-800 tem capacidade para transportar 186 passageiros.

Os passageiros do primeiro voo foram recepcionados com água de coco distribuída pela Inframerica, administradora do Aeroporto de Brasília. O evento de inauguração contou com a presença do presidente da Inframerica, Jorge Arruda, o vice-governador do DF, Paco Britto, a Secretária de Turismo, Vanessa Mendonça e o vice-presidente de vendas e marketing da Gol, Eduardo Bernardes.

“Recebemos esse voo com muita alegria. Estamos trabalhando muito para conectar a Capital brasileira a diversos países. A decisão assertiva do Governo Do Distrito federal na redução da alíquota do ICMS do combustível de aviação para incentivar novos voos já está gerando resultados positivos para os brasilienses. Agora, estamos a apenas um voo de distância da paradisíaca Cancún”, diz Arruda.

Ao final das boas-vindas, as autoridades cortaram a faixa de inauguração do voo.

O Aeroporto de Brasília possui voos para Lisboa em Portugal, Cidade do Panamá no Panamá, Miami e Orlando nos Estados Unidos e Buenos Aires na Argentina. Até o final do ano, o Terminal brasiliense ganhará outros três destinos internacionais: Santiago no Chile, Lima no Peru e Assunção no Paraguai.

Da assessoria de imprensa – Inframerica

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Avião Boeing 737 MAX 8 Gol Linhas Aéreas

Quantos Boeing 737 MAX a GOL já tem e quantos estão...

0
Após a aprovação dada pela Agência Nacional de Aviação Civil na quarta-feira, 25 de novembro, para o retorno dos voos do Boeing 737 MAX