GOL informa data de retomada de mais um destino internacional: Montevidéu

Avião Boeing 737-800 GOL
Boeing 737-800

A GOL Linhas Aéreas anuncia hoje (16) que dá mais um importante passo na retomada dos seus voos internacionais, suspensos desde o fim de março do ano passado.

Após informar a volta a Cancún, no México, e Punta Cana, na República Dominicana, a companhia também voltará a operar a rota entre o aeroporto internacional de Guarulhos (GRU) e o aeroporto internacional de Carrasco (MVD), em Montevidéu, capital do Uruguai, a partir do dia 3 de novembro de 2021.

De 03/11 a 14/11, serão 4 saídas semanais da GOL para Montevidéu, às segundas, quartas, sextas e sábados, mesmos dias do retorno a Guarulhos. O voo decola às 9h10 em Guarulhos, com pouso no Uruguai às 11h50 (horário local). Já a volta acontece às 13h10 (horário local), a partir de Montevidéu, com aterrissagem no Brasil às 15h35.

No período entre 15/11 e 30/11, as partidas passam a ser diárias, de segunda a domingo, tanto a ida quanto a volta – e nos mesmos horários. A rota será operada com o jato Boeing 737-800, que, em configuração internacional, tem capacidade para 176 passageiros.

“Há 15 anos, desde 2006, a GOL atende o mercado de Montevidéu, uma rota internacional de extrema importância para os brasileiros e os uruguaios. Estes, por exemplo, podem se valer dos nossos acordos de codeshare e interline com companhias aéreas parceiras, como a Air France, KLM e American Airlines, que possibilitam conexões no Brasil para destinos na Europa, nos Estados Unidos e outras localidades no mundo”, afirma Randall Saenz Aguero, diretor de Alianças, Internacional e Distribuição da GOL.

O retorno do voo para Montevidéu a partir de Guarulhos, em 03/11, acontece dias antes do reinício das decolagens da GOL para os destinos caribenhos de Cancún (a partir de Brasília) e Punta Cana (também em Guarulhos), que serão em 12/11 e 13/11, respectivamente.

Informações da GOL Linhas Aéreas

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Saab inciará a fase de entrega do avião de caça brasileiro...

0
Em novembro, a Saab dará início a fase de entrega de aeronaves operacionais, com quatro aeronaves Gripen E para o Brasil