GOL pretende extinguir Boeing 737 NG de sua frota até 2028

Em seu aguardado processo de renovação de frota, a GOL, que recebe em julho o seu primeiro Boeing 737 MAX 8, já tem prazo para quando a nova aeronave será a única na frota: 10 anos.




Em seu relatório trimestral pra investidores, a companhia divulgou que ao final de março a empresa contava com 118 aeronaves Boeing 737 das versões -700 e -800, ambas da série NG (que também é composta pelos modelos -600 e -900/ER). Destas 118 aeronaves, 89 estão em regime de leasing operacional e 29 em leasing financeiro (clique aqui para entender os tipos de leasing).

Com a encomenda de 120 aeronaves 737 MAX 8, será possível substituir toda a frota de 737NG num prazo de 10 anos, que termina em 2028. Se até lá nenhuma companhia brasileira adquirir aeronaves 737NG, será o fim da operação comercial da série Next Generation, dado que a GOL é a única aérea brasileira a voar o 737NG no país.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos