URGENTE: Governo aprova acordo entre Boeing e Embraer

Boeing e Embraer deram hoje as boas vindas à aprovação do governo brasileiro para a parceria estratégica que irá posicionar ambas as empresas para o crescimento no mercado aeroespacial global.

A aprovação pelo governo Bolsonaro vem logo após as duas empresas aprovarem os termos do acordo no último mês. A Boeing terá 80% de participação na nova empresa que será feita através de uma joint-venture com 20% da Embraer.

A Embraer por sua vez terá a decisão de manter ou não seus negócios no Brasil. Já outra joint-venture foi fechada para o cargueiro militar KC-390, com 51% da empresa brasileira e 49% da americana.

Assim que os conselheiros da Embraer ratificarem o acordo, as duas empresas irão assinar os documentos para completar a transação. O fechamento da transação está sujeito à aprovação de acionistas, de entidades regulatórias e de proteção ao consumidor. Assumindo que tudo seja aprovado em um tempo razoável, até o final deste ano a empresa será criada.

Pela Assessoria de Imprensa da Boeing.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Aconteceu de novo: grande avião tem pane em Curitiba e o...

0
Um fato interessante aconteceu em São José dos Pinhais, no Paraná, dias atrás, quando dois clássicos trijatos McDonnell Douglas MD-11 ficaram juntos.