Governo demonstra interesse em trazer a Gulf Air para o Brasil

O Brasil e o Bahrein terão uma Câmara de Comércio e Turismo que discutirá a atração de investimentos para o setor no país. A decisão foi acertada na última semana, em Manama (Bahrein), durante reunião realizada entre representantes do Ministério do Turismo e o Príncipe Árabe Sua Alteza Sheikh Khalid Bin Hamad Bin Isa Al Khalifa. No encontro, o Brasil também foi confirmado como uma das sedes dos eventos da BRAVE Combat Federation, entidade que promove as artes marciais mistas de 40 nações mundiais, acompanhadas por cerca de um bilhão de pessoas.

Entre os benefícios do acordo para o Brasil, está a veiculação de vídeo que promoverá os destinos nacionais durante as transmissões dos eventos da federação árabe. Ao todo, 84 emissoras de TV’s no mundo transmitem as atividades esportivas organizadas pela entidade para diversos países. Essa não será a primeira vez que o evento passará por terras brasileiras.

A Brave Combat Federation tem o objetivo de unir o mundo através do esporte, e, ao mesmo tempo, proporcionar ao público a oportunidade de experimentar as culturas dos demais países. As lutas organizadas pela entidade são transmitidas por dezenas de emissoras no mundo todo, que apresentam aos telespectadores as atrações turísticas e culturais do destino-sede. As cidades brasileiras que receberão as lutas serão definidas nas próximas semanas.

Ainda durante a visita, o MTur formalizou a intenção de promover a vinda da empresa árabe Gulf Air ao Brasil.

Do Ministério do Turismo, por Vanessa Sampaio

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.