Com retirada declarada, o grande Airbus A380 da portuguesa Hi Fly volta a voar

Imagem: Hi Fly

Se o anúncio da companhia aérea portuguesa Hi Fly, no início de novembro, sobre a retirada de serviço de seu único Airbus A380, parecia indicar que nunca mais veríamos o grande avião e sua singular pintura cruzando o mundo, a atual semana nos mostra que ele ainda ganhou o céu ao menos mais uma vez.

O gigante de dois andares, registrado sob a matrícula 9H-MIP, partiu de Beja, Portugal, onde fica baseado, e fez uma longa jornada sem escaldas de 12 horas e 36 minutos até Seul, na Coreia do Sul, nesta última quarta-feira, 9 de dezembro.

A jornada do A380 rumo à Ásia – Imagem: FlightRadar24

Segundo o Aeronews, a aeronave foi contratada para uma missão de transporte de suprimentos médicos, e a parada na capital da Coreia do Sul foi feita para descanso da tripulação. Na sequência, o A380 segue para Xangai, na China, onde embarcará a carga e então partirá levando-a rumo a Hamburgo, na Alemanha, com chegada prevista no final da sexta-feira.

A Hi Fly é uma empresa aérea que não realiza voos regulares, mas sim tem uma frota de aviões que disponibiliza para fretamentos, podendo ser contratada para fornecer apenas o jato com tripulação, via “Wet Leasing”, ou todo o conjunto de serviços para uma operação especificada, o chamado serviço “Charter”.

É a única empresa no mundo a ter um Airbus A380 nesse modelo de atuação, já que todos as outras companhias utilizam ou utilizaram o jato nos moldes tradicionais de operação própria.

Imagem: Hi Fly

Imagem: Hi Fly

Nos últimos meses, devido à crise de demanda de passageiros na aviação mundial, a Hi Fly também se tornou a única no mundo a adaptar um A380 para transporte de cargas, removendo parte dos assentos para aumentar o espaço útil.

Apesar de ter uma só unidade em sua frota, o gigante de dois andares da empresa de leasing de Portugal se tornou talvez o mais famoso A380 do mundo, pois, sendo o único exemplar deste modelo no mercado disponível para aluguel, acabou se tornando responsável por pousar pela primeira vez em muitos aeroportos nunca antes visitados pelo jato.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias