Hawkers da Força Aérea Brasileira terão nova aviônica da Rockwell Collins

O Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV) da Força Aérea Brasileira (FAB) atualizará sua frota de aeronaves Hawker 800XP com a aviônica Pro Line 21 da Rockwell Collins. O anúncio foi feito durante a FIDAE 2018, e a família Pro Line equipa diversos aviões, inclusive os aviões Embraer Legacy 500 que o GEIV também opera.




Os jatos Hawker do GEIV serão os primeiros da América Latina a receber tal upgrade. “O Pro Line 21 proporciona uma melhor consciência situacional e oferece uma experiência de voo completamente nova para os pilotos” declarou Marcelo Vaz, diretor geral da Rockwell Collins no Brasil.

Cockpit atual do Hawker 800XP da FAB © OgaraJets

Atualmente o cockpit do Hawker conta com telas de tubo (CRT) que serão substituídas por quatro telas de LCD de 10 x 8 polegadas cada. Estas telas são capazes de mostrar em alta resolução as informações da aeronave, da meteorologia e cartas de navegação.

Como ficará o cockpit após a modernização com o Pro Line 21

A missão do GEIV é homologar e aferir procedimentos e equipamentos utilizados por aeronaves. Como exemplo temos a aferição de procedimentos de pouso por ILS, a criação de novas rotas com a tecnologia RNAV/RNP. Atualmente o grupo conta com aeronaves Embraer Brasília, Hawker 800XP e Legacy 500. É comum ver estas aeronaves no FlightRadar24 devido as suas diversas passagens baixas e procedimentos de arremetidas nos aeroportos do país.

Pela Assessoria de Imprensa da Rockwell Collins

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Copa Airlines Avião Embraer E190

Copa Airlines faz vídeo especial pela despedida dos Embraer 190 de...

0
Até o início deste ano, a Copa Airlines tinha planos de manter o Embraer 190 em sua frota até 2021, mas a chegada da Pandemia adiantou a aposentadoria.