Homem ataca guarda no aeroporto e declara: “vai estar tudo nas redes sociais”

Reprodução Twitter

No último sábado (28) à noite, um soldado da Guarda Nacional de Porto Rico foi atacado por um passageiro que chegava a San Juan, depois de ter pedido ao homem para usar uma máscara e preencher uma declaração de saúde relacionada à Covid-19, reportou o Independent.

Pela regra do país, os passageiros que chegam devem ficar em quarentena por 14 dias ou apresentar um teste de Covid-19 negativo feito 72 horas antes da viagem. Eles também devem preencher uma declaração de saúde. As máscaras são necessárias quando em locais públicos.

O vídeo abaixo (espere carregar), mostra o começo da confusão.

Segundo testemunhas, o homem aparentava estar bêbado e cheirava a álcool, vindo a se opor agressivamente à exigência da máscara e do formulário de saúde. Diante da insistência, ele não pensou duas vezes e partiu para as vias de fato, agredindo selvagemente o guarda.

Outras pessoas se aproximaram para ajudar o homem que apanhava. Após momentos de pancadaria e confusão, o rapaz foi dominado no chão e imobilizado. Enquanto era algemado, ele gritava: “Vai estar tudo nas redes sociais, vai tudo estar nas redes sociais”. 

De acordo com o relatório policial, “o homem, identificado como Adrien William, não seguiu as instruções sobre o uso de máscara ou forneceu dados pessoais e, em seguida, atacou o oficial com socos na cara”. Ele foi levado preso e não há informação de que pagou a fiança. De qualquer forma, é esperada uma primeira audiência para o dia 4 de dezembro.

De fato ele foi parar nas mídias sociais, mas passando vergonha e com um processo nas costas. O vídeo abaixo registra o momento em que ele grita, dizendo que tudo estará nas redes.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Jato chinês Comac C919 realiza testes em climas extremamente frios com...

0
O avião de passageiros Comac C919, desenvolvido internamente na China, conduziu com sucesso os voos de teste em clima frio em Hulunbuir