Início Variedades Homem que fez uma fogueira em banheiro de avião pode pegar 20...

Homem que fez uma fogueira em banheiro de avião pode pegar 20 anos de prisão

O norte-americano Robert Vincent Allen se declarou culpado e pode pegar até 20 anos de prisão por ter ateado fogo em papel dentro do banheiro em voo da Delta Airlines, em 1º de abril deste ano. Segundo o Departamento de Justiça do Governo dos Estados Unidos, o homem, morador da Pensilvânia, irá responder pelo crime de tentativa de destruição de aeronave.

No acordo de confissão, Allen declarou que embarcou no voo número 1706 da Delta Air Lines no Aeroporto Internacional de Los Angeles com destino a Detroit, Michigan. Durante o voo, o passageiro entrou no lavatório do Boeing 737-900 e se recusou a sair após soar o alarme de incêndio do local. Os comissários arrombaram a porta e retiraram o homem à força e apagaram o papel em chamas sobre o sanitário.

Com o soar do alarme e o alerta de tumulto a bordo, o piloto decidiu fazer um pouso não programado no Aeroporto Internacional de Denver, no estado do Colorado, onde o homem foi preso.

À polícia, membros da tripulação informaram que Robert Allen aparentava comportamento suspeito desde o aeroporto, mas que decidiram autorizar o embarque, na condição de ficar sob vigilância. Em voo, Allen circulou diversas vezes pela cabine e trocou de assento em vários momentos.

Segundo o site Paddle Your Own Kanoo, o homem informou a um membro da tripulação que estava sendo perseguido por outros passageiros e que fugia de um traficante. Em depoimento, ele disse que iniciou a queima do papel para chamar a atenção dos tripulantes, que não estariam levando suas queixas a sério. Segundo o mesmo site, Allen teria quebrado seu cartão de crédito na tentativa de fazer um objeto afiado para se defender dos possíveis agressores.

Allen foi acusado em uma queixa criminal federal em 2 de abril de 2020 e indiciado por um júri de Denver em 2 de junho de 2020.

A confissão de culpa, no entanto, foi homologada quarta-feira, 26 de agosto. A sentença será anunciada em 16 de dezembro deste ano. Allen pode pegar até 20 anos de prisão em penitenciária federal, além de multa de até US$250 mil e restituição de despesas à Delta Airlines.

Sair da versão mobile