IAG considera o A321XLR atrativo para voos ao Brasil

Os planos para uma possível versão de alcance estendido do Airbus A321LR são “muito interessantes” para a IAG, revelou seu presidente-executivo Willie Walsh.

Avião Airbus A321neo
A321neo. Imagem: Divulgação / Airbus

Falando ao FlightGlobal, Walsh disse que o derivativo de maior alcance “A321XLR” em que o fabricante europeu está trabalhando é “definitivamente” um ajuste para Aer Lingus e Iberia, e poderia ser “atraente” para British Airways e Level após avaliação adicional.

A Aer Lingus já tem oito A321LRs encomendados. Walsh diz que o plano de negócios exige outros seis do tipo, mas o A321XLR poderia “claramente” substituir alguns desses pedidos.

Walsh diz que o alcance extra disponível com a variante de maior alcance torna o A321XLR “atraente” também para a Iberia.

Ele vê o A321XLR como sendo viável para rotas no Nordeste do Brasil, África e na costa Leste dos EUA. “Nós costumávamos voar para Recife, por exemplo, então podemos voltar a servir mercados estes mercados pequenos em termos relativos para os A350 e A330”.

Avião Airbus A321neo A321lr
A321LR, a primeira versão de maior alcance já em operação

O diretor comercial da Airbus, Christian Scherer, sugeriu planos para versões de longo alcance do A321. Perguntado sobre quando poderiam estar disponíveis para entrega, ele disse: “O mais cedo que você pode esperar de qualquer nova versão de um A321 com algum trabalho sério seria 2023-24”.

Espera-se que a Airbus confirme a versão de alcance estendido da A321LR no Paris Air Show deste mês, apoiada pelos compromissos dos clientes.

Informações pelo FlightGlobal.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias