IAG encomenda mais de 200 jatos Airbus A321XLR e Boeing 737 MAX

O grupo IAG, que controla a British e Iberia além de suas subsidiárias, fez uma grande encomenda hoje no Paris Air Show, com jatos da Airbus e da Boeing.

A primeira encomenda foi para o Airbus A321XLR, serão 14 unidades do jato de corredor único com maior alcance do mundo.

As encomendas serão divididas entre a Iberia e a Aer Lingus: oito para a espanhola e seis para a irlandesa. Sem especificar as rotas, a IAG declarou que os jatos serão utilizados para abrir novas rotas transatlânticas.

O A321XLR tem alcance de voar direto de Madri para qualquer capital do sudeste brasileiro ou fazer um voo sem escalas entre Dublin e Brasília.

Primeira encomenda do MAX pós-crise

Mas a grande encomenda foi para o 737 MAX: 200 jatos encomendados em meio a crise que a Boeing passa com a aeronave após dois acidentes fatais.

O pedido avaliado em $24 bilhões de dólares em valores de tabela, é o primeiro após o segundo acidente do 737 MAX na Etiópia.

Apesar de não especificar quais aéreas irão utilizar o MAX, a IAG apontou que deverá incluir as low-costs LEVEL e a Vueling, que atualmente voam frota totalmente Airbus.

As variantes escolhidas pelo grupo são a MAX 8 e MAX 10, esta última levando até 230 passageiros.

Com informações das Assessorias de Imprensa da Airbus e da Boeing

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos