IATA assina acordo e se junta a entidade contra-terrorista da ONU

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) e o Escritório das Nações Unidas contra o Terrorismo (UNOCT, na sigla em inglês) assinaram na tarde de quinta-feira, 24, uma parceria para fortalecer o Programa das Nações Unidas de Combate ao Terrorismo (CT Travel Program). Pelo acordo, as companhias aéreas associadas poderão compartilhar com os governos informações que permitam identificar antecipadamente passageiros que possam estar associados a atividades terroristas.

O acordo foi assinado pelo Subsecretário-Geral da UNOCT, Vladimir Voronkov, e pelo Diretor Geral e CEO da IATA, Alexandre de Juniac, durante cerimônia virtual. O CT Travel Program é uma iniciativa da UNOCT para desenvolver ações globais que ajudem os estados-membros a implementarem medidas de detecção e combate ao terrorismo. O programa usa informações prévias dos passageiros, sem violar as leis de privacidade de cada país e respeitando as resoluções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o combate a este tipo de crime.

A IATA é o primeiro parceiro não-governamental da iniciativa. “Esta parceria é um marco não só para o Programa de Combate ao Terrorismo, mas para a UNOCT como um todo, pois é primeiro acordo que fechamos com representantes do setor privado”, disse Vladimir Voronkov em comunicado à imprensa. “Simboliza a importância da indústria aérea para estrutura de cooperação com base no sistemas de dados de passageiros”, finaliza.

Para Alexandre de Juniac, a segurança é um objetivo comum para companhias aéreas e governos e por isso devem trabalhar juntos. “A responsabilidade fundamental pela segurança é dos governos, mas as companhias aéreas podem ajudar fornecendo dados de viajantes. Isso contribui para a coleta de informações governamentais de acordo com os padrões globais sobre transmissão de dados de passageiros e com respeito às leis de privacidade”, declarou Juniac em posicionamento divulgado pela IATA. “O objetivo é conter a mobilidade terrorista. Isso tornará o mundo um lugar mais seguro e continuaremos voando com segurança para todos ”, finalizou.

Fabio Farias
Jornalista e curioso por natureza. Passou um terço da vida entre aeroportos e aviões. Segue a aviação e é seguido por ela.

Veja outras histórias

Avião ATR 72 Azul

Porto Alegre voltará a ter voos para Santa Maria e Pelotas...

0
A Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou que as cidades gaúchas de Santa Maria e Pelotas retomarão os voos para a capital.