Iberia quer fechar a compra da Air Europa até o começo de 2021

Na última semana, Luis Gallego, o CEO do grupo IAG que, além de outras grandes empresas, controla também espanhola Iberia, deu novas declarações sobre o andamento do processo de aquisição da Air Europa. Segundo Gallego, a operação segue intacta e confirmada, e poderá ser encerrada no primeiro trimestre de 2021, se tudo correr como planejado.

Segundo matéria do El Periodico, Gallego pede que o governo espanhol ajude no processo. A ajuda não seria de maneira direta, com empréstimos, já que ele diz que “a Iberia está fazendo seu dever de casa”, mas sim na forma de um apoio para que a compra seja aprovada, já que o governo terá parte na dívida da “nova” empresa. Isso porque o Governo espanhol, através da Sociedade Estatal de Participações Industriais (SEPI) aprovou o resgate da Air Europa no valor de 475 milhões de euros, diz o Reportur. Além desse empréstimo, a Air Europa já recebeu outros 140 milhões de euros da OIC.

A dívida total da Air Europa, se todo esse dinheiro for efetivamente usado, será de mais de 600 milhões de euros e, por isso, a Iberia também já disse que fará uma nova análise sobre o valor da empresa que está sendo comprada. Há, inclusive, a possibilidade dela não pagar nada à Globalia, em troca da assunção dessas dívidas.

Em novembro do ano passado, a Iberia anunciou que compraria a Air Europa por 1 bilhão de euros (mil milhões), mas o contexto mudou abruptamente com a pandemia e tanto o IAG quanto Gallego entendem que antes se tratava de uma empresa, mas agora já se trata de outra, completamente diferente – e de valor diferente também.

O processo, por sua vez, está atrasado, já que a previsão era de conclusão do processo até o final de 2020.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Com bom aumento de receitas, LATAM volta a melhorar situação financeira...

0
Receita com vendas de passagens aéreas teve forte aumento, resultando em melhora da situação financeira da LATAM em relação ao mês anterior.