Imagem mostra que avião ATR-72 atingiu parede na chegada para pouso

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

No início da última semana, acompanhamos em vídeos o pouso de emergência de uma aeronave turboélice ATR-72 que tinha seus dois pneus do trem de pouso principal direito danificados. (Caso você queira ver ou rever as imagens do pouso, clique aqui).

Naquele momento, sabia-se somente que o ATR 72-600 de matrícula B-17010, da empresa aérea Uni Air, executava o voo de número B7-9091 com destino ao Aeroporto Nangan das Ilhas Matsu, na China, mas, em sua aproximação para pouso, arremeteu e retornou ao Aeroporto Songshan de Taipei, em Taiwan, de onde havia partido, para o pouso emergencial devido ao problema com os pneus.

Ao longo da semana, entretanto, novas informações surgiram para esclarecer o que aconteceu ao longo daquele voo, para que ambos os pneus do mesmo lado do trem de pouso acabassem danificados.

Segundo relato de um passageiro daquele voo, reproduzido pelo site The Aviation Herald, o turboélice estava descendo para o pouso em Nangan com uma condição de visibilidade limitada, porém, ainda era possível ver barcos de pesca no mar durante a aproximação. A visibilidade, entretanto, diminuiu ainda mais conforme eles se aproximavam do aeródromo.

Então, quando o avião já estava bastante baixo, os motores foram acelerados repentinamente e, menos de um segundo depois, um impacto pôde ser sentido. O nariz da aeronave foi puxado para cima e a aeronave virou à esquerda, iniciando então a subida.

A tripulação anunciou que estava voltando para Songshan e, imediatamente após, os preparativos para o pouso de emergência começaram, com a tripulação de cabine avisando para que todos os passageiros guardassem tudo em segurança nos bagageiros ou abaixo dos assentos, tirassem sapatos de salto alto, crachás ou óculos, e tudo mais que pudesse causar lesões.

Como se viu na gravação do pouso, felizmente não houve intercorrências no procedimento e o ATR-72 foi mantido totalmente controlado pelos pilotos até a parada completa na pista, não havendo necessidade de uma evacuação emergencial.

Então, nas horas após o incidente, a autoridade de segurança dos transportes de Taiwan informou que, com dois pilotos, dois comissários de bordo e 70 passageiros, o trem de pouso direito foi danificado durante o pouso em Nangan, e a aeronave arremeteu e retornou a Songshan para um pouso seguro, sem ferimentos às pessoas a bordo.

Por fim, nos dias subsequentes, a mídia local reportou que o diretor do Aeroporto de Nangan disse que a aeronave fez uma aproximação muito baixa e atingiu uma parede na região do prolongamento da pista, fazendo com que os pneus principais do lado direito estourassem.

A imagem da parede mostra de forma bastante clara as marcas e os danos deixados por ambos os pneus do avião onde houve a colisão, que felizmente ocorreu no topo da estrutura, evitando um dano mais severo ou uma separação da estrutura do trem de pouso principal direito.

Até o momento, ainda não há conhecimento de nenhum pronunciamento oficial da empresa aérea ou da autoridade de investigação com mais informações sobre o incidente. Nos títulos abaixo você pode rever o vídeo do pouso de emergência, ou relembrar um incidente semelhante que aconteceu no Brasil há poucos meses.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Nella quer seu primeiro A320 no Brasil em agosto e fala...

0
Durante entrevista ao jornalista Robert Zwerdling e seus convidados do Canal ASA, na noite deste domingo (20), os representantes da Nella