Imobiliária leva a melhor sobre fábrica de cuecas por compra de empresa aérea coreana

Foto: Boeing

A empresa aérea sul-coreana Eastar Jet deverá ser vendida para a imobiliária Sungjeong (SJ), informou o parceiro CH-Aviation. O único outro concorrente, a empresa de roupas íntimas Ssang Bang Wool, havia apresentado um preço de licitação de US$ 97,1 milhões, que foi cerca de US$ 8,8 milhões superior ao proposto pela SJ em seu contrato provisório anterior, no entanto, essa última aumentou a oferta e decidiu exercer seu direito preferencial de compra.

A Sungjeong é uma empresa de aluguel de propriedades e dona de um campo de golfe. Ela confirmou em 17 de junho que pretendia exercer seu direito preferencial como licitante “stalking horse” para comprar a transportadora low-cost altamente endividada. Sua representante no processo, a Deloitte, enviou uma carta oficial expressando esse objetivo ao Tribunal de Falências de Seul, disse um representante da Sungjeong à mídia local.

Outros concorrentes no páreo pela empresa aérea acabaram por desistir do certame. O tribunal ainda deve confirmar a SJ como o comprador final.

A Sungjeong disse que planeja assinar um acordo de investimento com a Eastar Jet no início de julho e apresentar um plano de reestruturação da dívida e uma proposta de aumento de capital ao tribunal até 20 de julho. Atualmente, a empresa tem uma pequena frota de quatro Boeing 737, sendo dois 737-800 e dois MAX 8.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Avião Boeing 777-200ER Alitalia

Airbus lidera corrida por pedido multibilionário da italiana ITA

0
A Airbus está na frente da corrida por um contrato multibilionário para renovação de frota da Italia Trasporto Aereo (ITA), empresa formada