Início Empresas Aéreas Importação do primeiro Boeing 737 da Total está autorizada

Importação do primeiro Boeing 737 da Total está autorizada

Imagem ilustrativa: dxme / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia

A ANAC aprovou na data de ontem (5), a emissão, por Malta, do Certificado de Exportação do Boeing 737-400F que terá futura matrícula PS-TLA (número de fabricação MSN 28753, fabricado em 1996), e que antes operou pela polaca LOT Airlines, mas agora está com matrícula 9H-AHD, do lessor VX Capital Partners.

O próximo passo é organizar as documentações requeridas para a nacionalização e trasladar a aeronave em breve. No entanto, a entrada em operação no Brasil vai depender do resultado da vistoria da ANAC e da confirmação de que o jato está em conformidade com os requisitos operacionais. Inicialmente, era esperado que o avião chegasse em março, depois abril, mas agora, com o avanço do desembaraço, é possível que ele chegue em maio.

Conversamos com Steve Giordano, dono da JetTest, empresa aérea que não tem aviões, mas que nesta pandemia tem rodado o mundo fazendo translado de aeronaves. Segundo ele, o jato está no Aeroporto Internacional de Kelowna, na costa oeste do Canadá. De lá, será transladado para o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, onde será nacionalizado. Depois, segue para São José dos Campos para preparação e pintura (essa programação ainda não consta na ANAC).

A data do voo de traslado ainda não foi confirmada.

Sair da versão mobile