Inaugura-se hoje o novo terraço gratuito do Aeroporto de San Francisco

Fascinado pela visão de grandes aviões decolando e pousando em suas jornadas por diversos destinos ao redor da Terra? O Aeroporto Internacional de San Francisco (SFO) está abrindo uma plataforma de observação gratuita exatamente para quem tem esse apetite por aviação.

Aeroporto San Francisco SkyTerrace Terraço

Nessa sexta-feira, 14 de fevereiro, o aeroporto abre seu novo terraço de observação ao ar livre chamado SkyTerrace, que proporcionará aos visitantes vistas de 180 graus do local onde as quatro pistas se cruzam.

O SkyTerrace de 1.460 pés quadrados está localizado no Terminal 2 antes do ponto de verificação de segurança, ou seja, as visitas não exigirão pagamento, cartão de embarque ou passagem. Estará aberto sete dias por semana entre as 7:00 e as 22:00.

“Estamos muito empolgados em abrir um deck de observação ao ar livre que todos possam desfrutar”, disse o diretor do aeroporto Ivar C. Satero em comunicado. “Para muitos de nós, vir à SFO com a família para assistir aviões ajudou a inspirar nosso amor pela aviação. Com o SkyTerrace, esperamos trazer a mesma paixão e entusiasmo para as novas gerações de famílias”.

Aeroporto San Francisco SkyTerrace Terraço

Aeroporto San Francisco SkyTerrace Terraço

Os visitantes terão que passar por uma verificação de segurança antes de entrar na área de observação, mas poderão levar alimentos e bebidas. Um café perto do deck de observação deve abrir ainda este ano, informou o aeroporto.

O SkyTerrace tem cadeiras e bancos de madeira para combinar com um paisagismo tolerante à seca. Ele possui painéis de vidro do tipo bird-safe (ou seja, são transparentes o suficiente para a observação, mas não invisíveis aos pássaros para que eles não trombem), que fornecem proteção contra o vento e permitem vistas deslumbrantes do aeródromo.

Aeroporto San Francisco SkyTerrace Terraço
Área interna do terraço

Aeroporto San Francisco SkyTerrace Terraço

Além da plataforma de observação, os visitantes também podem conferir uma exposição do Museu SFO nas proximidades.

O SkyTerrace custou US$ 6,3 milhões para a construção, segundo informações do próprio aeroporto.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.