Com investimento de R$ 1,25 mi, Congonhas ganha dispositivo automatizado no embarque

Imagem: Infraero

Seguindo a tendência de outros aeroportos do Brasil e do mundo, o Aeroporto de Congonhas (SP) também passa a contar com novo sistema eletrônico de controle do acesso de passageiros à área de embarque, que reduz o contato entre viajantes e funcionários.

Segundo informações do Ministério da Infraestrutura, a Infraero instalou 10 bloqueios que levam à área dos canais de inspeção de segurança. A liberação do acesso é automatizada e feita pelo próprio passageiro, que só precisa aproximar o código de barras da passagem no leitor.

Com investimento total de R$ 1,25 milhão, o novo sistema irá auxiliar nos momentos de pico na movimentação e passará por fase de teste por cerca de 30 dias.

Outros exemplos recentes de tecnologias sendo testadas ou implantadas para reduzir o contato em função da Covid-19 são o embarque por reconhecimento facial no Aeroporto de Florianópolis, os acessos automatizados semelhantes a estes de Congonhas nos aeroportos de Fortaleza e Porto Alegre administrados pela Fraport, o sistema completo de embarque e desembarque sem contato no Aeroporto de Pequim e até um inovador túnel inteligente utilizado pela Emirates em Dubai.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias