Início Acidentes e Incidentes Irã é pressionado a concluir relatório do Boeing 737 abatido por mísseis

Irã é pressionado a concluir relatório do Boeing 737 abatido por mísseis

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Míssel Irã Boeing 737 Ukraine
Míssil disparado contra o Boeing 737, flagrado em vídeo

Os Estados do Conselho da ICAO (Organização da Aviação Civil Internacional – OACI) exortaram a República Islâmica do Irã a acelerar a investigação do acidente na trágica queda do Boeing 737 no voo PS752 da Ukraine International Airlines, ocorrida em 8 de janeiro deste ano. 

Diplomatas de 36 países expressaram seu apoio aos apelos ao Irã após o último relatório emitido sobre o tema pelo Presidente do Conselho da ICAO, Salvatore Sciacchitano, e uma intervenção relacionada do Ministro dos Transportes do Canadá, Marc Garneau. 

“Tivemos vários intercâmbios com a CAA (Agência de Aviação Civil) iraniana nas quais instamos suas autoridades a acelerar a investigação do acidente de acordo com as disposições do Anexo 13 da ICAO”, aconselhou Sciacchitano aos diplomatas do Conselho Estadual. 

O Anexo 13 incentiva a emissão do relatório final do acidente no prazo de 12 meses após a ocorrência do acidente. 

“Também deve ser lembrado que uma equipe composta por especialistas do Secretariado da ICAO foi estabelecida imediatamente após o acidente, a fim de apoiar a investigação”, ressaltou o Presidente Sciacchitano, “e que o Conselho já havia endossado a iniciativa ‘Safer Skies’ (Céus Seguros) apresentada pelo Canadá após o abate do voo PS752, com o objetivo de aumentar a segurança em zonas perigosas ou de conflito.”

Tanto o presidente Sciacchitano quanto o ministro Garneau fizeram referência ao luto e às expectativas que foram comunicados diretamente a eles pela Associação de Famílias das Vítimas do Voo PS752.

O Ministro Garneau também apreciou o trabalho do Conselho e do Secretariado da ICAO com o objetivo de agilizar a investigação e, mais especificamente, a leitura dos gravadores de dados de voo e voz do PS752. 

O Canadá também convidou os Representantes do Estado do Conselho a se juntarem a eles no primeiro ‘Fórum Céus Mais Seguros’ sobre zonas de conflito, que será convocado nos próximos dias 8 e 9 de dezembro, e onde o Presidente Sciacchitano fará os comentários principais.

Informações da ICAO

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.