Itapemirim apresenta ao MInfra projeto para atuar na aviação comercial

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, recebeu na tarde da quinta-feira (22) o presidente do Grupo Itapemirim, Sidnei Piva, o CEO da empresa, Rodrigo Villaça, e demais diretores. Os executivos apresentaram ao ministro os novos rumos que o grupo pretende tomar entrando no segmento da aviação comercial a partir de 2021.

De acordo com Piva, a nova empresa aérea do grupo deverá entrar em operação em março do próximo ano, com voo inaugural entre São Paulo e Brasília. A frota de aviões será formada por A320 e serão gerados 700 novos empregos com a operação. O executivo também mostrou a atuação do grupo em linhas ferroviárias, como na Baixada Santista (VLTs) e nos arredores do aeroporto de Porto Alegre. O grupo pretende reforçar seus negócios em malhas ferroviárias.

“O anúncio da entrada da empresa no segmento aeroportuário é de grande importância para o mercado da aviação brasileira, pois mostra a confiança dos empresários em investir no país, além de contribuir no aumento da concorrência no segmento, o que beneficia diretamente os usuários”, declarou Tarcísio.

Informações da Assessoria Especial de Comunicação – Ministério da Infraestrutura.

Fabio Farias
Jornalista e curioso por natureza. Passou um terço da vida entre aeroportos e aviões. Segue a aviação e é seguido por ela.

Veja outras histórias

Ouça o que disse o presidente da Gol a bordo do...

0
O presidente da GOL Linhas Aéreas, Paulo Kakinoff, falou ontem durante o primeiro voo do Boeing 737 MAX modificado com passageiros no Brasil.