Itapemirim realiza seu primeiro voo com tripulação só de mulheres

Imagem: Itapemirim

A Itapemirim Transportes Aéreos realizou nesta terça-feira (19) o seu primeiro voo com tripulação 100% feminina. A data foi escolhida para celebrar o Dia Internacional de Combate ao Câncer de Mama.

A bordo do Airbus A320 da companhia, estavam a comandante Jaqueline Guglielmi, a copiloto Michele Santos e as comissárias Mariana Alvarenga, Vivi Loch, Rochele Ferrari e Kissy Barbosa, além da conselheira do Grupo Itapemirim, Silvana Piva, e da vice-presidente de Governança Corporativa, Karina Mendonça.

O voo 8I-5303 decolou às 11h45 do aeroporto de São Paulo-Guarulhos com destino a Florianópolis (SC), com 158 passageiros a bordo. A mesma tripulação realizou o voo de retorno a São Paulo. O voo 8I-5304 decolou de Florianópolis às 13h30, com 150 passageiros a bordo.

A realização do primeiro voo com tripulação 100% feminina é um reconhecimento da companhia a todas as mulheres. O índice de participação de pilotos mulheres na ITA é superior à da maioria das companhias aéreas. Na ITA, entre comandantes e copilotos, 8% são mulheres. No Brasil, segundo dados da Anac, apenas 3% dos pilotos são mulheres.

Imagem: Itapemirim

“Esta tripulação teve a sorte de encontrar na Itapemirim uma empresa que apoia e luta pela equidade de gênero. Isso é muito importante nos dias de hoje”, afirmou a comandante Jaqueline durante o voo. “No Grupo Itapemirim, as mulheres ocupam diversas funções, de diretoria, de coordenação, de atendimento ao cliente, de supervisão, de comandante – como eu – e de manobrista de ônibus. Afinal, o lugar de toda mulher é onde ela quiser, mesmo que seja dirigindo um ônibus ou no comando de uma aeronave comercial como esta”, completou.

Dia Internacional de Combate ao Câncer de Mama

Durante o voo com tripulação feminina, a ITA também celebrou o Dia Internacional de Combate ao Câncer de Mama. A bordo, a vice-presidente Karina Mendonça fez um relato emocionante sobre como enfrentou, e superou a doença.

“O câncer não é uma sentença de morte. É um aviso. Um aviso de que a gente precisa parar, olhar para dentro de nós e cuidar de nossa saúde, de nossa alimentação, de hábitos saudáveis, do nosso descanso. De viver melhor com a família, de curtir ainda mais os amigos que estão ao nosso lado”, afirmou.

A executiva aproveitou a oportunidade para orientar todas as passageiras a fazerem o autoexame. “O apelo que trago aqui é: se cuidem. Conheçam o corpo de vocês. Visitem o médico. Façam os exames periódicos. Sabemos que quanto mais cedo se descobre qualquer tipo de câncer, inclusive o de mama, as chances de cura são ainda maiores”, orientou.

Informações da Itapemirim Transportes Aéreos

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias